Instagram

19 outubro 2017

Makeup is art, beauty is spirit! | NOVOS WORKSHOPS

 É uma paixão imensa e um desejo enorme de partilha, é isto que me leva a sair da minha casinha ao fim-de-semana e ir ensinar a outras meninas os segredos mais básicos da maquilhagem. Não gosto de empregar a palavra ensinar mas sim motivar!

 Sou uma adepta fervorosa da motivação entre mulheres e do sentido de partilha que pode ser gerado entre nós. Gosto de motivar outras meninas a elevar a sua auto-estima recorrendo à maquilhagem. Pode e faz toda a diferença, quando nos sentimos confiantes de bem com a nossa imagem em frente ao espelho. Afinal quem gosta de olhar no espelho e ver um rosto apagado e de sorriso descaído? Por isso vamos fazer "luz" e de pincéis em punho fazer maquilhagens lindíssimas.

 O timing não foi escolhido ao acaso, foi de propósito para poderem surpreender a família e amigos nos jantares de Natal com looks irrepreensíveis.

 São dois níveis diferentes, duas cidades diferentes (Évora e Lisboa) e quem quiser saber um pouco mais sobre os temas abordados envie um e-mail para beautyloverspt@gmail.com.









SHARE:

17 outubro 2017

M.A.C. Snowball collection | Natal 2017

  Jingle bells, jingle bells..la la la la. Sintam o espírito natalício a descer sobre vós. Eu sei que com calor é um pouco esquisito mas com aquilo que vou mostrar de certeza que vão já buscar os enfeites de Natal, o bloco, a caneta e preparar a carta ao Pai Natal.

 Amantes de maquilhagem e de packaging ultra feminino. elegante e natalício, este post é para vocês.

A M.A.C já nos habituou a colecções de perder a cabeça, não é novidade nenhuma. A novidade este ano é que está mesmo irresistível e eu quero todos os produtos. TODOS. T-O-D-O-S. É viável? Pode ser? Vá lá!

 Ainda não consigo adiantar quando é que podemos deitar as mãos a estas preciosidades mas podemos ir sonhando com looks de festa onde o brilho e as cores elegantes não faltarão. Desde sombras, iluminadores, kits com bolsa e conjuntos de maquilhagem, pestanas postiças, os já famosos batons em bastão, and so on.

 Apesar de todas estas maravilhas serem um regalo aos olhos, há sempre um produto que se destaca no meio de outros tantos. Como a doida dos batons, eu admito que aquela caixa com um interior a fazer lembrar um arco-íris faz as minhas delícias. Por isso, sugiro ao meu querido marido que leia este post com muito amor e carinho. Que tire printscreens dos produtos e me surpreenda no próximo Natal.

Já vos desencaminhei e agucei o vosso apetite, dou a minha missão como concluída.














SHARE:

02 outubro 2017

Zoeva Strobe Gel - Review

 Se existe produto que adoro na maquilhagem é o iluminador. Tenho alguns na colecção e estou sempre à espera de encontrar um bastante melhor que o anterior, mais pigmentado. Sempre em busca do iluminador fantabulástico. Enquanto não encontro o tal, fico satisfeita com alguns razoavelmente bons.

 Não aprecio aquele efeito de bola de espelhos que muitas maquilhadoras usam. Gostam de algo marcado mas não tão marcado assim. 

 Já experimentei de diversas fórmulas (líquido, cremoso, em stick, em pó) e de variadíssimas marcas (Marc Jacobs, Catrice, Dior, The Balm, NARS) mas nunca tinha tido a oportunidade de testar um iluminador em gel. Confesso que quando li que a textura era em gel fiquei um pouco apreensiva porque imaginava um acabamento pastoso, blhéc. Mas, pela consideração que tenho para com a Zoeva e os seus produtos de relação qualidade/preço deveras satisfatória, encomendei o Strobe Gel. Já o tenho há uns dois meses mas preferi usar em diversos tipos de maquilhagem, ver a durabilidade em diversos ambientes e só depois vos trazer um review como deve ser. 

Vamos ver então o que tenho a dizer deste menino? Let´s go!

Textura

O primeiro ponto que me deixou de pé atrás. Estou habituada a usar iluminador em pó e odeio usar texturas cremosas depois de utilizar o pó solto, por norma acho que fico com a maquilhagem estragada, com a zona das maçãs do rosto em modo "mistela não identificada". É ligeiramente mais espesso que o Copacabana Líquido da NARS. É melhor que aquilo que eu pensava e aplico-o em último lugar na maquilhagem, uma mania que adquiri ao longo dos anos: mesmo depois do batom aplicado a última coisa é o iluminador. 

Cor

Para mim e para o meu tom de pele escolhi a cor Halo. Tenho uma tendência gigante a escolher iluminadores com tom champagne. Este não é excepção, é um tom champagne rosa muito claro e fica a matar em maquilhagens do dia-a-dia. Existem mais duas cores: Aureole (tom dourado) e o Corona (um tom rosa mais coral).

Embalagem

Para a textura em causa não poderia ter outro tipo de embalagem senão frasco de vidro com tampa de roscar. Gosto muito das embalagens da Zoeva e esta não foi excepção. Acho-a simples, elegante e sobretudo segura para o tipo de produto em causa. 

Pigmentação

Chegámos à parte que eu gosto! Então e a pigmentação, é boa? É MARA! Eu estou fã deste produto por essa razão. Quando quero uma maquilhagem com a técnica do Strobing ou maquilhagem de festa é este menino que eu uso. E para o dia-a-dia, dá para usar? Já lá vamos, é no ponto a seguir.
Uma pequena (GRANDE) curiosidade sobre este produto: podemos construir a intensidade que queremos. Quando quero marcar bem a zona acima das maçãs do rosto eu reforço a aplicação mais duas vezes.

Como usar?

 Existe a hipótese de construírem a intensidade, como referi anteriormente. Assim, para um look mais discreto aplico uma vez e quando quero dramatizar reforço a aplicação. Shine bright like a diamond! 
 Para quem gosta de looks ainda mais discretos sugiro que apliquem o Strobe Gel antes de aplicarem a base. Ou seja, vai funcionar como que um primer iluminador e só aplicam acima das maçãs do rosto, arco do cupido e queixo (quem gostar). A pele fica com um efeito natural mas iluminado e a potência do iluminador foi camuflada pela cobertura da base. Aqui importa referir que este truque resulta com bases de cobertura ligeira e BB creams. 

Como aplicar?

A primeira vez que apliquei utilizei os meus dedos para aquecer o produto e fazer com que penetre melhor na pele. Gostei do efeito mas ainda não era aquilo. Experimentei com pincel angular de iluminador e a coisa melhorou drasticamente. O melhor estaria guardado quando me lembrei de utilizar a Beauty Blender vaporizada com spray fixador. Era o toque que faltava, a cereja no topo do bolo. Aqui vai depender muito da forma como melhor se ajeitam mas para este tipo de textura mais cremosa sugiro a esponja humedecida, sem dúvida.

Onde encontrar? 

Eu comprei através do site Maquillalia por cerca de 13€ mas podem encontrar em sites que vendam a marca Zoeva. Existe uma loja física em Lisboa que comercializa esta marca, a loja chama-se Kitchen Makeup. 



E vocês? Já conheciam este produto? 










SHARE:

17 agosto 2017

Os 10 mandamentos para uma pele perfeita!

 Todas as mulheres querem uma pele perfeita, imaculada e com a qual não tenham de se preocupar muito. Queremos acertar no cuidado de rosto adequado, não sofrer com as malditas borbulhas e acne tardio e irradiar saúde através do nosso rosto. Existe a ideia que quanto mais caras forem as gamas de cuidado de rosto mais efeito terão a curto prazo. A La Prairie e La Mer são marcas excelentes e vistas como luxuosas mas a grande verdade é que não conseguem bons resultados se trabalharem sozinhas. O que quer isto dizer?
O cuidado de rosto é de extrema importância, claro, mas existem outros pormenores que devemos ter em atenção para conseguir a desejada pele perfeita. Devemos criar hábitos saudáveis e amigos da nossa pele para que os efeitos da idade sejam adiados e a pele possa permanecer jovem e saudável por muito mais tempo. Sim, é possível.

Partilho com vocês os meus 10 mandamentos para uma pele perfeita. A minha pele não é perfeita e está longe disso mas tenho consciência do que devo e não devo fazer e caminhar para que um dia possa afirmar que consegui uma pele perfeita, consequência das escolhas que fiz!

Vamos então espreitar quais os mandamentos pois é isso que realmente interessa.



1. Beber muita água

 Não é à toa que se diz que a água é a fonte da vida. É mesmo muito importante para a nossa saúde, para o correcto funcionamento do nosso organismo e sentimos melhorias notórias a nível geral. A pele está exposta a muitas agressões e se não estiver devidamente hidratada não consegue lutar contra essas agressões. Sofre de poros dilatados? Então vão sentir uma diferença enorme quando começar a beber a quantidade necessária de água. Sabem quando os peixes estão fora de água e abrem a boca em busca do oxigénio? Os vossos poros estão abertos como que a gritar desesperadamente por hidratação e nutrição.
 Existem fórmulas para calcular a percentagem de água que devem ingerir de acordo com o vosso peso e altura.

2. Escolher o cuidado de rosto de acordo com o tipo de pele

 De nada adianta comprar o creme milagroso nº 16484561, hit de beleza, se não for adequado para vocês. Pode ser o último grito para pele oleosa mas se a vossa pele é seca preparem-se para sentir a pele tipo bacalhau seco ao sol. Olhem para vocês, percebam que pele é a vossa e procurem produtos que sejam os indicados para vocês e não porque é o último grito ou porque a amiga usa.

3. Prevenir é melhor que remediar

 Lamento informar mas as rugas que já habitam no vosso rosto não vão a lado nenhum. Nem com o creme anti-rugas que promete ser o Ferrari dos cremes e deixar-vos com pele de modelo em anúncio de cosméticos. Pode haver um ou outro com efeito tensor e ajudar a que sintam a pele mais esticada mas são efeitos efémeros. Não existe nenhum creme com propriedades de cirurgião plástico por isso, se não quiserem passar a vida nos liftings e dos peelings, sugiro que previnam. Elas vão aparecer, só têm que estar preparadas e tentar adiar o seu aparecimento. Muita hidratação, uso de óleos essenciais biológicos e ingestão de água. Se o bacalhau seco (peço desculpa pela comparação mas é um bom exemplo) for hidratado com água incha e o aspecto rugoso e àspero vai à vida. Certo? O mesmo se passa com a nossa pele.

4. Protector solar TODOS OS DIAS!

 Já estão cansados de me ouvir mas vão ficar ainda mais cansados. O protector solar não é apenas um acessório de praia que fica esquecido no necessaire de um ano para o outro. O protector solar é o vosso melhor amigo, o Porsche que conduz o envelhecimento precoce ao bilhar grande. Usem todos os dias, de Verão e Inverno, e repitam a aplicação nas horas de maior calor, mesmo quando atravessam a estrada para ir ao café tomar a bica. Preferem o quê? Não estragar a maquilhagem com o protector ou ter uma pele que não precisa de maquilhagem? A escolha é vossa minhas senhoras.

5. A nossa pele é o rosto do que comemos

 Quando como azeitonas, batatas fritas e enchidos a minha pele relembra-me o que é ser adolescente. Com excepção da parte das responsabilidades, das contas pagar e dos três meses de férias. Ou seja, é só a parte má da adolescência. No entanto, se comer bem e fizer escolhas acertadas nas compras que faço, não tiver um noivo sempre a desencaminhar-me e se comer comida do bem eu consigo atingir uma pele mais saudável, mais controlada a nível de imperfeições. O que comemos e o nosso estilo de vida reflecte-se na nossa pele. Muitas vezes não precisamos dizer nada, a nossa pele fala por nós.

6. Dê uma de Bela Adormecida

 Eu sei, eu sei. Nem sempre podemos dormir as horas que precisamos porque o miúdo pede o leite, o marido abre as gavetas todas à procura das meias do futebol e com a delicadeza que lhe é característica fecha as gavetas como quem fecha o portão do quintal, o cão faz uma esfoliação de lambidelas a pedir para ir fazer o presentinho à rua e por amor ao tapete do Ikea que nos custou 100€ lá vamos nós! O descanso é super importante para a nossa pele, para a saúde dela. Quando dormimos mal ou acordamos muito muito cedo, a circulação em redor dos olhos aumenta e cria aqueles papos deliciosos e aquelas olheiras arroxeadas a lembrar as vestes do Nosso Senhor dos Passos.


7. Consulte o Dermatologista sempre que surja uma dúvida

 Para que existem os médicos? Para tratar de nós e tirar todas as nossas dúvidas. Pois bem, sempre que surgir uma mancha que não existia não vale ir à farmácia comprar 100€ em cremes potentes quando a consulta custa 60€ e ele vai dizer que um creme de 3€ resolve o assunto. Ele estudou, ele sabe o que diz e nós não nascemos ensinadas. Se vamos ao ginecologista uma vez por ano (por favor, digam-me que vão) porque não consultamos o Dermatologista uma vez ao ano se a pele é o órgão que mais exposto está? Dúvidas da humanidade que não consigo arranjar resposta.

8. Sejam maníacas da limpeza! 

 Não estou a falar da limpeza da cozinha com CIF, Cilit Bang e Mistolin. Estou a falar da limpeza diária do nosso rosto. SIM, mesmo naqueles dias em que não colocámos um BB cream sequer. Naquele dia em que estiveram com a cara da almofada o dia todo. Limpe o rosto todos os dias.
 Eu dou sempre o exemplo das coreanas, essas sim são espertalhonas, que limpam o rosto duas vezes para se certificarem que não resta uma célula morta para contar a história. Nem tanto ao mar e nem tanto à terra.
  Há quem defenda que se lavarmos o rosto muitas vezes estragamos a barreira natural da pele. Se o Ph for adequado e não esfregarem a cara com uma escova de pêlo de arame não se preocupem que vossa pele não vai cair.

9. Cuidado com os prazos de validade dos produtos

 Sabem aquele creme que comprámos há 3 séculos e só usamos quando o rei faz anos? Secalhar é boa ideia pegar num saco do lixo e colocá-lo lá dentro. Muitas vezes negligenciamos as datas de fim de prazo dos produtos e de vez em quando aparecem borbulhas vindas de nenhures, reacções alérgicas que possivelmente é dos tremoços e das minis mas nós sempre bebemos tremoços e minis. (Desculpem mas eu adoro tremoços e minis!). Não é dos tremoços, não é das minis. É do creme que vocês compraram há 1 ano e meio e que perdeu propriedades, ao qual se juntaram umas quantas bactérias e depois PUF! Fez-se a pele de caca. Façam uma selecção dos produtos que terminaram o prazo e lixo com eles. Prometem-me?

10. Uma pessoa feliz, uma pele saudável! 

 As expressões carregadas e o ar enfadonho carregam demasiado o nosso rosto. Não existe melhor iluminador natural que um sorriso no rosto! Se as malditas rugas vierem que sejam resultado de gargalhadas até doer a barriga, apenas e somente isso. Se as culparmos pelos sorrisos, encaramos o chegar da idade de outra maneira. Não vamos deixar que o stress nos deixe com um ar pesado, mais velho do que realmente somos. Levar a vida numa boa e irradiar boas vibes! Sejam felizes, hoje e sempre!

SHARE:

14 agosto 2017

Beauty Alert | Desert Dusk, mais um objecto de desejo!

 Preparem as carteiras porque vem aí mais uma paleta de sombras de olhos a caminho.
 Eu sou muito suspeita para falar porque é preciso ser uma conjugação de cores muito extravagantes (azuis, amarelos, verdes, roxos) para eu não me sentir minimamente encantada com uma paleta de maquilhagem.

 A makeup artist Huda Kattan anunciou a chegada da sua segunda paleta, desta vez com o nome Desert Dusk. Relembro que a primeira paleta foi um sucesso devido à cremosidade das sombras e a novidade que deixaram as amantes de maquilhagem de queixo caído, as sombras texturizadas que deixam qualquer look muito mais bonito e chamativo.



 É composta por 18 cores de sombras de olhos, que se dividem entre elas segundo as texturas e acabamentos matte, pearl, chrome topper e pure glitter. É um conjunto de cores marcadamente quente com tons que vão desde os nudes aos roxos, dos vermelhos aos rosas, cores que a Huda associa de imediato ao deserto. A beauty guru vive no Dubai e por isso a escolha destas cores a lembrar o pôr-do-sol, a areia do deserto e o amanhecer.




 O produto estará disponível no site oficial da marca a partir do dia 18 de Setembro. Talvez chegue a Portugal um pouco depois.

 Já marcaram no calendário? Esta paleta entrou directamente para a vossa lista de desejos? Contem-me tudo!
SHARE:

31 julho 2017

Falta 1 mês! E agora?

 E agora nada, relax total e muita calma nessa hora.
 Se me dissessem, há um ano atrás, que nesta altura do campeonato iria estar tão calma e descontraída eu diria que a pessoa andava metida nos ácidos por dizer um disparate tão grande. Dizia que era impossível eu, furacão cruzado com tornado, estar em modo Zen a pouco mais de um mês do esperado dia.

 Os duzentos cabelos brancos que ganhei nos últimos três foram resultado de problemas relacionados com as obras e os seus timings sempre distantes do inicialmente acordado. A calma em excesso dos pedreiros, as nódoas de verniz ao longo do pavimento, as pingas de tinta pelos azulejos, a parede que começou a cair, o espelho de WC que foi montado ao contrário, o riscar a torneira por pousar o espelho em cima da torneira, a loja que se esqueceu da nossa encomenda da cabine de duche, o azulejo diferente no meio de uma parede e o medo de partir os outros à volta para se trocar aquele. Isto sim são questões que me atormentaram durante largas semanas e me colocaram os nervos em franja. Valeu-me a tranquilidade do André, como sempre. É o meu Valdispert em dias em que a vontade de me atirar de uma ponte três vezes para me certificar que o assunto fica arrumado, fala mais alto.

 Atrevo-me a dizer que cada dia que passa estou mais calma e tranquila. O meu segredo para tudo correr bem durante a organização foi seguir um plano que eu estipulei, após alguns estudos com outras noivas eu já tinham casado, estabelecer datas e, sobretudo, tentar cumpri-las. Ao longo desde último ano descobri que afinal trabalho bem sob pressão.

 Outro factor que considerei preponderante foi o facto de escolher pessoas para trabalhar que tratavam logo de duas ou três coisas. Pessoas de um profissionalismo extraordinário, sempre disponíveis para responder às questões estúpidas de quem nunca casou antes. Falarei deles em detalhe, depois de tudo passar e eu me poder agarrar ao PC e às memórias de um dia perfeito onde eles tiveram um papel de destaque.




 Vou começar a falar do calendário da organização de um casamento que eu acho mais eficaz. Foi mais ou menos nesta altura que comecei a organizar o meu casamento e não estou nada arrependida. 
 Em Setembro o blog irá de férias por razões óbvias mas até lá vou falar na importância de definir etapas na organização de um casamento para o bem-estar mental da Noiva e do Noivo. 



SHARE:

27 julho 2017

Greel Peel by Dra. Christine Schrammek, o meu aliado contra o Acne

 Já falei por diversas vezes no grupo de beleza administrado por mim, o Beauty Lovers Portugal, que descobri já este ano um tratamento que considero revolucionário e um aliado hiper poderoso contra algumas maleitas que todas nós padecemos: acne tardio ou juvenil, firmeza, rugas, estrias, manchas. Claro que existem outras alternativas para tratamento de acne e aquela que os médicos dermatologistas mais prescrevem é a medicação via comprimido, a Isotretinoína. É uma via fácil para o tratamento do acne mas pode trazer complicações graves e as pessoas não estão devidamente alertadas para esse problema.
 Nunca optem pela medicação sem antes terem tentado o tratamento cutâneo. Por vezes a solução é bastante mais simples e nós complicamos sem necessidade. Se chegarem à conclusão, vocês e o vosso médico, que a única solução é a medicação peçam análises complementares para avaliar o vosso estado de saúde e níveis de valores do fígado. São medicamentos fortíssimos e que podem ter efeitos secundários muito graves. Conheço casos em que originaram depressão, lesões oculares permanentes, etc. Mulheres que queiram engravidar num período de dois anos não podem tomar esta substância correndo o risco de malformações para o feto. O assunto não é para brincadeira e acho que já ficaram suficientemente alertadas em relação a isto.

E vocês perguntam: "Oh Ana, mas se tu fizeste esse tratamento não ficaste livre do Acne para sempre?". Não, fiquei livre do acne durante cerca de dois anos, o tempo em que a substância esteve activa no meu organismo. Depois as hormonas começaram aos saltos novamente e fui brindada de novo.

 Como a medicação estava fora de hipótese, a minha esteticista Any recomendou-me o Green Peel da Dra. Christine Schrammek. Sabem quando já gastaram imenso dinheiro em produtos, nada deu resultado e vocês estão cansadas de lutar contra este problema? Eu já estava assim e por isso em Fevereiro fiz o meu primeiro Green Peel. Fiquei rendida aos resultados e agora chegou a hora de regressar para ficar com uma pele de anjo no casamento. Sempre que falo nisto as pessoas ficam mega curiosas, o que é normal, e fazem-me imensas perguntas. Por isso, decidi reunir um conjunto de perguntas e respostas para que fiquem esclarecidos relativamente a este tratamento.



1. Quem é a Dra. Christine Schrammek?

 É acima de tudo uma marca que tem à frente uma dermatologista, alergologista e especialista em tratamentos anti-idade com origem na Alemanha. A marca tem uma história de mais de 50 anos, sempre com o foco na beleza e vai já na terceira geração. Descobriu-se que as ervas eram uma excelente ingrediente para a regeneração da pele e daí começaram a ser desenvolvidos produtos com essa finalidade.  
 Sabem o BB cream ou Blemish Balm que se tornou tendência em todo o Mundo? Foi desenvolvido por esta empresa e o original foi desenvolvido por ela. Estamos todos agradecidos à Dra. Christine certo? 
 O grande foco vai precisamente para o tratamento Green Peel que foi relançado em 2010 e a marca já se encontra presente em mais de 50 países.

2 - O que torna o Green Peel diferente dos outros peelings? 

 Em primeiro lugar, e como o próprio nome indica, o Green Peel é um peeling herbal, à base de ervas. É um tratamento muito completo pois está destinado a várias patologias de pele nomeadamente acne, manchas, rugas, flacidez, estrias, entre outras. 

3 - Como é composto o Green Peel?

 É uma harmoniosa mistura de ervas, oito no total, e enzimas, minerais e vitaminas que são aplicadas na pele, massajado e penetra em profundidade na pele. É um tratamente que não disfarça rigorosamente nada, trata a pele de dentro para fora. É um tratamento feito por muitos esteticistas e médicos pelo Mundo inteiro e tem a vantagem de ser completamente adaptado às necessidades de cada paciente. Existem três tratamentos disponíveis, o Clássico, o Energy e o Fresh com graus de intensidade diferentes consoante o tipo de pele.

4 - Qualquer pessoa pode aplicar o Green Peel?

 Na hora de escolher o sítio certifique-se que se trata do tratamento original da Dra. Christine Schrammek pois já existem outras imitações por aí. Os profissionais tiveram formação que lhe permite diagnosticar as reais necessidades de cada pessoa e a aplicação perfeita do tratamento. 

5 - Pode ser utilizado apenas em pele acneica?

 Como já referi atrás, é um tratamento bastante abrangente e é benéfico para acne, manchas, estrias, rugas. Pode ser feito por Homens e Mulheres e não apenas no rosto, também pode ser aplicado no corpo, como no tratamento de estrias. 

6 - É doloroso?

 Felizmente nunca precisei de fazer peelings químicos mas acredito que o nível de dor não tenha nada a ver. A sensação num peeling químico é de queimadura, no peeling herbal é de renovação. Imaginem uma esfoliação com um grão muito grosso, é essa a sensação de Green Peel. 
 Algumas zonas, as mais sensíveis, tendem a arder mais como é o caso das maçãs do rosto. No entanto, é perfeitamente suportável.

7 - Qual o comportamento da pele após o tratamento?

 Aquilo que recomendo é que o tratamento seja feito ao final do dia.
 Quando terminamos o tratamento estamos com o rosto vermelho, como se tivéssemos apanhado um escaldão. É normal que sintamos um formigueiro, picos na pele. É perfeitamente normal, é sinal que o tratamento está a trabalhar ao nível dos tecidos mais profundos. 
 Após dois ou três é normal que a pele comece a escamar um pouco, dependendo da intensidade do tratamento aplicado. Ao fim de 5 dias a pele está totalmente regenerada. 

8 - Que comportamentos deve ter após o tratamento

 É muito importante que apenas use os produtos recomendados pelo profissional. Por norma é o Blemish Balm e o Herbal Lotion. É como que uma continuação do tratamento realizado no centro/clínica. Para além disso não deve sair de casa sem aplicar protector solar SPF 50.
 Apesar de ser um tratamento possível de fazer o ano inteiro, tem que se evitar a exposição solar após realizar o tratamento. Eu aguardo sempre 2 ou 3 dias e quando exposta ao sol aplico protector SPF 50+. Outro factor muito importante é a ingestão de líquidos, ajuda o Green Peel a chegar onde é preciso. 

9 - Quantas vezes posso fazer o Green Peel?

 Depende de cada pele e dos objectivos de cada pessoa. Eu estou a fazer de 3 em 3 semanas o Green Peel Energy e uns dias antes farei o Green Peel Fresh para deixar a pele magnífica para o grande dia. 

10 - Quanto custa e onde pode fazer

 Eu pago 80€ por cada tratamento Green Peel Energy, O Clássico será mais caro e o Fresh mais barato. Na minha opinião vale cada cêntimo e o único investimento perdido foi em produtos que nada fizeram e apenas disfarçavam o acne por uns dias. O local onde faço é no Instituto de Beleza Any, em Évora. 
 No entanto, existem outros centros estéticos e clínicas que fazem este tratamento um pouco por todo o país. Basta fazerem uma pesquisa pelo nome do tratamento e a vossa cidade para perceberem qual o local que mais vos convém. 



 Évora - Instituto de Beleza Any
 Lisboa - Clínica Dra Manuela Rebelo
 Leiria - H2O Concept

Quem souber outros locais onde este tratamento seja feito pode partilhar nos comentários. 



SHARE:
Blogger templates by pipdig