Instagram

22 outubro 2018

Makeup Diva | We Love Lashes

 Recebi há cerca de um mês algumas pestanas falsas do site do Reino Unido, False Eyelashes. A marca descobriu-me no Instagram e percebeu que eu adoro pestanas falsas, embora não as use diariamente e prefira guardá-las para maquilhagens mais marcantes.

 Recebi duas marcas: uma que já conhecia, a Ardell, e outra que nunca tinha ouvido falar, a Red Cherry. Por isso o site enviou para que eu as pudesse testar e comprovar que são maravilhosas.

 Depois de testar em mim idealizei uma makeup de diva e convidei uma amiga para realizar uma sessão de maquilhagem e depois de fotos.

 Tenho a dizer que as pestanas da Red Cherry são tudo de bom! Muito parecidas às da Huda, o mesmo peso pluma e metade do preço. Ah, e no meu ponto de vista não são tão exageradas!

 Outro factor que as diferencia das muitas marcas que experimentei até então é que são feitas a partir de cabelo humano, o que lhes confere muita naturalidade. Quando aplicadas parecem mesmo as nossas pestanas e não pesam tanto como muitas pestanas postiças que são exageradamente  plastificadas.

 Escusado será  dizer que fiquei fã, verdade?

 Deixo-vos as fotografias da querida Marlene com o modelo Red Cherry Darla.










Post em colaboração com o site False Eyelashes
Obrigada à Marlene pela disponibilidade.
Maquilhagem e fotografias by me 

SHARE:

06 setembro 2018

Trend Alert AW18 | Scarf Print

  Agora que as lojas se começam a compor com as colecções para a estação fria existem tendências que nos vão saltando à vista. Embora consigamos ter percepção com a devida antecedência devido aos desfiles das grandes casas de moda, é engraçado ver como as lojas normais adaptam essas tendências às suas colecções.

 E uma das tendências que mais me conquistou foi o Scarf Print que, como o próprio nome indica, são peças estampadas ao estilo dos lenços  de seda clássicos. É pegar no tecido, normalmente de seda, dos lenços e transformar em peças  de vestuário. Embora tenhamos encontrado já algumas peças na colecção de Verão, é no Outono que mais vão encontrar este padrão na rua.

 Apesar de ter um estilo minimalista, básico e clássico, onde os padrões não se enquadram muito, este padrão encaixa no meu gosto e estilo. Precisamente por ter aquele toque clássico, com inspirações como Dolce&Gabbana, Versace e Hermés. A tendência vai desde os célebres lenços ao pescoço, a ornamentar o rabo-de-cavalo ou como elemento decorativo da mala de mão ou a um maxi-dress com padrão de lenço.

 Vemos vestidos esvoaçantes lindos, camisas, túnicas, calças e, claro está, lenços. A textura fluída da seda permite que caia muito bem no corpo e torne os nossos outfits muito mais elegantes! Mas atenção, por ser um padrão com pormenores aumentados vai também aumentar o volume do nosso corpo.

 Por serem padrões com predominância de desenhos barrocos e de cores fortes, é preciso ter em atenção alguns truques para tirar partido desta mega tendência.


 Se já temos um padrão berrante e forte precisamos de algo neutro que o faça destacar. Por isso, se optarem por umas calças com padrão escolham uma camisa (e não tem que ser no mesmo tipo de tecido) ou uma camisola de linho. Se a camisa/túnica for scarf print conjuguem com calças brancas, pretas ou até mesmo jeans.

 E depois existe o truque inverso: ao invés de escolhermos o branco que fica bem com tudo, podemos escolher uma peça na cor predominante do padrão (azul, amarelo, rosa, etc).


 Vou deixar alguns looks de inspiração para vocês.

 Gostam desta tendência? Vão usar na próxima estação?










SHARE:

04 setembro 2018

Setembro, o mês dos recomeços e das mudanças!

 Para muitos o início do ano é o ponto de partida para novos desafios, novos objectivos.
 Eu prefiro que seja Setembro.

 O mês de Setembro é visto como o pontapé de saída para a vida escolar mas podemos adoptar esse arranque a todos os aspectos da nossa vida. Para isso basta força de vontade e determinação.

 Sempre gostei no 9º mês do ano mas desde o ano passado que este ganhou um gostinho especial, ou não fosse ele o mês do meu casamento!

 Quando voltamos de férias, voltamos com a energia no máximo, com mil e um projectos que não saem da nossa cabeça, com o foco no máximo. Devemos aproveitar essa energia positiva e arregaçar mangas para mudarmos alguns aspectos na nossa vida.

 Pois bem, este ano não foi excepção e tracei alguns objectivos a arrancar já durante este mês e outros que já entraram em vigor desde o dia 01.

 O primeiro a mudar foi a alimentação: dar prioridade a vegetais e fruta, carne branca e peixe. Reduzir nos açúcares e eliminar os fritos. É verdade, os fritos podem ser uma adição como outra qualquer. Tem estado a correr muito bem e quando a todos em casa adoptam o mesmo estilo de vida é muito mais fácil! Esta foi uma decisão a dois.

 Sempre que falo na alimentação saudável recebo olhares de desaprovação pelo facto de ser magra. Uma coisa é adoptar uma dieta para perder peso, outra coisa completamente diferente é adoptar uma alimentação saudável para assim ter mais benefícios a nível de saúde e qualidade de vida. Posso mesmo dizer que desde Sábado que não como doces e ainda não estou a ressacar. Que assim continue.

 Outra decisão que tomei no período de férias foi começar nas aulas de Pilates. Foi uma sugestão médica para ganhar músculo entre vértebras e diminuir os maus jeitos e vértebras fora do lugar. São dores tremendas! E se está ao meu alcance criar uma rotina que diminua esses episódios dolorosos porque não dar esse passo o mais rápido possível? Temos preguiça mas há coisas que temos que ser nós a fazer e não esperar que os problemas se resolvam num estalar de dedos.

 Mais uma decisão a dois e esta tem a ver com o nosso planeta. Percebemos que o ecoponto amarelo de nossa casa estava sempre a transbordar de plástico. Consumíamos muitas embalagens e sobretudo garrafas de plástico (águas, sumos, etc). Comprámos um jarro da Brita para filtrar a água da torneira e levamos a água em garrafas de vidro. É preferível pesar no nosso ombro que na nossa consciência.
 Eu sou a Maria Esquecida e deixo sempre os sacos de compras em casa. Compro mais no supermercado e é um stock maluco de sacos de compras lá por casa. Existem três acções possíveis para quando me esquecer: despejo as compras para dentro do carro e quando chegar a casa tenho que colocar em sacos, se forem poucas coisas levo dentro da mala ou então nas mãos. A escolha é minha e aquele truque de ter sempre sacos no carro para mim não dá porque eu uso e esqueço de voltar a colocar. Já pensei em costurar os meus próprios sacos de compras. Acham uma ideia engraçada?

 E por último, e não menos importante, vem a decisão de deixar de beber leite de vaca. Ou pelo menos tentar. Na minha opinião tudo quanto seja demasiado extremista não nos leva a bom porto. É importante que haja uma consciencialização e que tentemos, de facto, colocar isso em prática. No entanto, não vou dizer que nunca mais na minha vida vou beber leite de vaca. Se beber leite de vaca dois dias num ano não morro. Aliás, há tantas pessoas que não bebem leite por opção (seja de que tipo for) e são saudáveis.

 Mudanças simples, graduais e que reflectem melhorias na nossa vida. É tudo o que precisamos. Apenas e somente isto.

 E vocês? Também elegem o mês de Setembro como o arranque de mudanças na vossa vida? Se sim, quais escolheram para 2018?


SHARE:

09 agosto 2018

Um boost de hidratação! | Neutrogena Hydro Boost Review

 Recentemente recebi uns mimos da Neutrogena, entre os quais estava um creme de corpo que queria experimentar há algum tempo. É a loção de corpo em textura gel da gama Hydro Boost.

 Já tinha experimentado (e adorado) alguns produtos desta gama, nomeadamente o creme de rosto e de contorno de olhos. Foram os produtos que usei na lua-de-mel, há quase um ano atrás, e gostei mesmo muito.
 O que me faz gostar desta gama é a textura: ligeira, suave e de rápida absorção. Pensei que o creme de corpo seria mais espesso mas é mesmo, mesmo ligeiro. Isto para quem se assume como uma preguiçosa para colocar creme no corpo é ouro sobre azul! 





 A embalagem tem 400ml e doseador, é o tipo de embalagem que prefiro para cremes de corpo pelo facto de ser muito mais higiénico. Quando recebi os produtos parei o creme que estava a usar, que era já um velho conhecido, e comecei logo a utilizar este. 

Promete um boost de hidratação e uma pele suave e hidratada ao longo do dia. Como bónus contém ainda Ácido Hialurónico para potenciar o seu efeito de hidratação e deixar a nossa pele nutrida e suave.


 Ao contrário do Easy Bake da Huda Beauty que ontem vos falei, todos os produtos da gama Hydra Boost têm um cheirinho óptimo, muito tranquilizante. Como todos os produtos cheiram exactamente ao mesmo ao aplicar o produto lembro-me logo dos dias fantásticos que passei no México. Tenho por hábito associar um cheiro a cada lugar novo que visito. Também são assim? 



 Após a primeira utilização notei melhorias ao nível da suavidade da pele. As pernas, a zona do corpo mais seca, bateram palminhas e nunca mais escamaram como era hábito devido à secura extrema.


 Se são anti-cremes-mega-gordurosos-que-nos-deixam-desconfortáveis então posso apostar que vão gostar imenso deste produto. Tanto quanto eu! 

 Podem encontrar embalagens de 250ml e 400ml (apenas encontrei a mais pequena online) em farmácias, para-farmácias e lojas online. O preço ronda entre os 12€ e 14€. 



Este produto foi-me gentilmente enviado pela Neutrogena Portugal. 

SHARE:

07 agosto 2018

Easy Bake Baking Powder de Huda Beauty | Review

  A review de hoje foi muito pedida e por isso aqui estou eu para satisfazer os vossos pedidos.

 Gosto imenso da Huda e de quase todos os seus produtos de maquilhagem. As paletas de sombras têm uma pigmentação extraordinária, adoro as pestanas postiças embora se apliquem melhor em looks mais dramáticos, os batons são bons mas não são nada do outro mundo e gosto imenso da base, das minhas mais recentes descobertas. Tanto ouvi falar da base da Huda que decidi encomendar, juntamente com o pó solto. Deixemos a base para outro dia, hoje as luzes estão viradas para o Easy Bake Baking Powder, pó perfeito (supostamente) para a técnica de baking.

 Mal soube que ia estar disponível online num site que eu costumo visitar com alguma regularidade, o Selfridges, marquei o meu lugar na fila para adquirir a nova coqueluche da guru de maquilhagem.

 No entanto, muitas questões se levantam: É perfeito? Cumpre o que promete? É melhor que outros igualmente badalados? Vou dar a minha opinião sincera, como sempre.



 Apesar da Huda ter mantido a consistência no packaging fiquei desiludida. Confusos? Passo a explicar. Quem segue a artista nas redes sociais viu uma campanha de marketing bem feita, que cativa quem olha e fica imediatamente com vontade de comprar! Pegando no nome do produto, Easy Bake, a Huda centrou a sua estratégia de apresentação do produto num estilo vintage onde a cozinha e o "baking" jogam com o nome da técnica que este produto promete simplificar. 
 Envolta em alguma polémica, esta campanha de apresentação é apontada como um plágio à Beauty Bakery e ao seu Flour Setting Powder. Neste campo a Beauty Bakery ganha porque teve a ideia em primeiro lugar e eu prezo muito a criatividade das marcas. Para além disso o packaging da Beauty Bakery é uma continuação da apresentação do produto, coisa que não aconteceu com a Huda. Existiu uma campanha temática e o packaging é aborrecido. Aborrecido porque não condiz com o marketing previamente visto pelos possíveis clientes. Os olhos são os primeiros a desejar um produto e ver que nada tem a ver com aquilo que vimos na apresentação roça um pouco a desilusão. E aqueles press kits que vimos as grandes influencers mundiais apresentarem? Aí sim, houve consistência e a mesma deveria ter sido mantida para os comuns mortais. 
 Sim, eu ligo muito ao marketing dos produtos e à forma como eles são apresentados e como chegam até nós. 



 Como dito anteriormente, comprei o produto no site da Selfridges por 32€ mas já vi à venda na Sephora do Colombo. Estava à espera de um packaging diferente, nem que fosse a caixa de cartão. É o packaging vulgar da Huda, caixa quadrada transparente com tampa preta. Não há muito que enganar. Não sou a maior fã da forma como o pó passa para a parte superior da embalagem, através de um tecido tipo "gaze", prefiro os clássicos orifícios. Por uma razão simples: se soltarmos excesso de pó é mais fácil ele voltar para baixo com esses orifícios do que com este mecanismo. 

 Contém 20 gramas de baking powder e estão disponíveis oito cores, incluindo um pó solto transparente. A minha cor é a Pound Cake, apesar da compra ter sido online acertei no tom.


 Características do produto:

 O objectivo da Huda ao desenvolver este produto foi para facilitar a nossa vida na técnica do baking. O Baking consiste em aplicar, com um pincel para o efeito ou com uma esponja humedecida, na zona das olheiras, zona T e zona da mandíbula uma quantidade considerável de pó. Deixamos repousar um pouco, daí o nome baking, para que o fino pó consiga penetrar nas linhas de expressão, preecha os poros e matifique a pele. Quando terminado o tempo de repouso varremos o excesso de produto e já está! Eu sou fã desta técnica mas para maquilhagens mais elaboradas, para o dia-a-dia nem por isso. 

 É um pó extremamente fino que se funde bem na pele e que é de longa duração. Tem pigmentos que garantem um look luminoso mas que não reflecte a luz do flash, o drama mais temido para quem usa pós soltos. 


 Pontos positivos

 Tem de facto uma textura muito fina e que penetra facilmente na pele. Não deixa aquele aspecto "empoeirado" e demasiado artificial. É o pó ideal para quem gosta de acabamentos naturais e de uma pele irrepreensível e matificada. 
 O facto de ter oito cores disponíveis é óptimo pois adaptam-se a uma quantidade significativa de tons e subtons de pele. O meu tom em específico, o Pound Cake, é o ideal para peles claras a médias. 


Pontos negativos:

 O packaging poderia ter-se mantido consistente ao marketing desenvolvido. 
 A embalagem e a forma como o pó é dispensado não é a minha favorita. Ou dispensa pouco ou dispensa de mais e quando ficamos com pó a mais não conseguimos que volte para baixo. 
 O ponto mais negativo para mim e aquele que me faz torcer o nariz a este produto é o cheiro a perfume vulgar que se compra nos asiáticos. Haverá quem gosta do cheiro, nada contra, mas eu não suporto! A base tem o mesmo cheiro mas na minha opinião não é tão intenso e suporta-se melhor. O cheiro deste produto é exagerado e sendo o pó muito fino facilmente penetra no nosso nariz e é um festival de luzes. Não basta termos pó no nariz mas sim ter pó com cheiro a menina vulgar (se é que me entendem). Eu não suporto mesmo o cheiro, acho-o horrível! Não encontro melhor maneira de o qualificar. O cheiro acaba por desaparecer ao fim de cerca de 1h30 mas eu não pago por um produto de maquilhagem para estar 1h30 a penar e com náuseas. Existem produtos semelhantes sem cheiro absolutamente nenhum e que me fazem sentir confortável. A Huda poderia ter feito um bom produto sem ter que recorrer a cheiros tão fortes. Não é o cheiro que vai determinar o resultado e acabamento do produto. 

 Por causa deste ponto, este produto é a última opção no que toca a pós soltos. Vou usar e gastar até ao fim mas não irei comprar mais. Sim, tinha tudo para ser o meu melhor amigo devido à textura mas a D. Huda estragou tudo ao despejar um frasco de 5 litros de perfume Patchouli na sua composição. Lamento. 


 Aqui fica uma maquilhagem em que usei a base Faux Filter e o Easy Bake da Huda. O resultado é excelente mas o tal cheiro arruma comigo (e eu até gosto de perfumes fortes, atenção!). 
SHARE:

10 julho 2018

Home Decor | Desenio

 A decoração da nossa casa está a ser complementada aos poucos. O essencial está lá desde o início e os extras estão a ser pensados ao pormenor. Tem que fazer sentido para ambos, contar a nossa história e fazer-nos sentir em casa.

 A nossa casa é minimalista, não a idealizei assim desde sempre mas a partir de uma determinada altura começou a fazer sentido que assim fosse. Está simples mas está nossa, tem a nossa essência.


 No meio das arestas que estavam por limar, estavam as paredes brancas muito despidas e a gritar por alguma vida. Faltavam uns apontamentos para tornar o ambiente mais confortável.


 Descobri no site Desenio a solução perfeita! Milhares de opções que nos dificultam a vida na hora de escolher, posters para todos os gostos e feitios, conjugações muito interessantes.

 E os posters não foram escolhidos ao acaso, se fazem parte da nossa casa têm que contar um pouco da nossa história.




 Posters: Life is, World Map Watercolor e Geometric Heart.

 O primeiro set que vos mostro é na nossa sala de estar, onde passamos mais tempo e onde recebemos as pessoas de quem gostamos. O quadro com o mapa mundo reflecte a nossa vontade inesgotável de viajar e de conhecer novos lugares, novas culturas e novas pessoas. Tentamos conhecer um novo país todos os anos e acreditamos que não existe maior riqueza e melhor investimento. A frase tem a ver com a nossa filosofia: a vida é curta demais para nos aborrecermos com coisas estúpidas. Divirtam-se, amem, não se arrependam de nada e não deixem que ninguém vos deite abaixo. E por último, e o mais importante, é o coração que simboliza o amor da nossa família e o motor de uma vida feliz.









Posters: Golden Leopard e On the Wild Side


 O segundo conjunto de posters tem mais a ver comigo. Sou mais impulsiva e efusiva, vou à caça dos sonhos, luto pelos meus objectivos. É quando nos aventuramos no "wild side" que descobrimos coisas incríveis! Por isso gosto tanto desta dupla que representa a garra que temos que ter para ir atrás dos nossos sonhos.





Posters: Lipstick e Pink Lips

Para finalizar, escolhi algo que representa a minha grande paixão pela maquilhagem. Uma ilustração de um batom da Chanel, na mesma cor do meu primeiro batom. Anos mais tarde acabei por comprar o batom Chanel nessa mesma cor e ainda hoje o guardo com carinho. A ilustração dos lábios é uma representação da minha vontade de querer continuar a passar o gosto pela maquilhagem a outras pessoas, querer evoluir sempre mais e nunca parar de fazer o que gosto e me faz feliz.


É tão bom podermos criar recantos de histórias na nossa casa com simples posters! Basta imaginação e conseguimos tornar o ambiente mais confortável, personalizado e com o nosso cunho.

 Para vos dar a oportunidade de fazerem um refresh de Verão na vossa casa, em colaboração com a Desenio, tenho um código de desconto para os meus seguidores:

 O código "styleandliving" dá um desconto de 25% em posters Desenio e é válido de 10/07/2018 até 12/07/2018. Excepto para molduras e posters handpicked ou de colaborações.



SHARE:

04 julho 2018

Hey girl I like your style! #7

 Esta semana já inaugurámos uma nova rubrica e eis que voltamos a uma rubrica já vossa conhecida. Hey girl, I like your style, que é como quem diz "não me importava nada de ter esse modelito a morar no meu roupeiro.".

 Não há nada que eu não goste neste look, apenas optava por um cesto mais pequeno. Ou pensando melhor, este tamanho está óptimo. Os homens reclamam sempre do tamanho das nossas malas mas pedem sempre com jeitinho "Podes guardar a minha carteira? Já agora as chaves também. Ah e os óculos de sol".

 É o look que usava para ir aproveitar o calor que vai regressar nos próximos dias. Ou para um passeio ao pôr-do-sol ou para ir deliciar-me com um cocktail num qualquer rooftop.

 Adoro o a camisa fluída, o padrão, as mangas. Se alguém encontrar alguma parecida e que não custe um rim ou um fígado é favor comunicar!




SHARE:
Blogger templates by pipdig