29 janeiro 2019

Como combater a pele desidratada




Cada vez mais vejo casos de pessoas com a pele desidratada. No entanto, sei que também existe muita confusão sobre o que é a pele desidratada e como proceder para inverter a situação. Recentemente também sofri com a desidratação dérmica mas no meu caso eu consegui perceber a causa raiz e inverti rapidamente o cenário.

 Mas afinal pele desidratada e pele seca é a mesma coisa?

 Não, não é. Este é o erro mais comum. As pessoas sentem a pele desidratada e acham que mudar a sua rotina de cuidado de rosto para uma linha específica para pele seca vai resolver o problema. Não só não vai resolver por completo como pode desencadear outras complicações a nível de pele. No entanto, podem existir casos de pele seca e desidratada.

 Se a nossa pele estiver desidratada isso quer dizer que não está a conseguir fixar a quantidade de água necessária na derme e epiderme. E se a pele não tiver a hidratação suficiente isso vai afectar a sua aparência. Torna-se então mais flácida, com um aspecto baço, podem surgir mais linhas de expressão, zonas em que sentimos a pele repuxar e quando aplicamos a maquilhagem parece que a pele a recusa e acaba por não assentar como era  de esperar.
 Qualquer tipo de pele pode ficar desidratada, até mesmo as peles mistas e oleosas! Pode surgir como consequência do uso de gamas que não são as mais aconselhadas à tipologia de pele, por causas ambientais, por ingestão insuficiente de líquidos, por alimentação com muito sal, tabaco e álcool, etc.
 É normal que este problema surja no Inverno pois nesta altura esquecemos de usar cremes com maior concentração de hidratação para fazer face ao frio e também porque, inevitavelmente, ingerimos menos água do que seria normal.

Se pele desidratada significa falta de água, então e a pele seca?

 A pele seca produz menos oleosidade e pode ser uma situação permanente ou pode ficar assim com o avançar da idade.
A principal desvantagem de quem tem pele seca é que os sinais de envelhecimento cutâneo aparecem mais cedo


O que devemos fazer para repor a hidratação?

 Em primeiro lugar começar a tratar de dentro para fora e fixar o consumo de água para 1.5L diariamente, no mínimo.
 É essencial apostar em produtos específicos para repor a hidratação cutânea. Reforcem os vossos produtos de cuidado diário com um sérum mais hidratante para equilibrar o estado da pele. Recomendo também que usem água termal após lavar o rosto pela manhã e depois de desmaquilhar o rosto ao final do dia. Podem usar e abusar da água termal, será a vossa melhor amiga.
 Podem ainda reforçar essa luta da hidratação com máscaras específicas, que promovem uma hidratação mais rápida. Muito importante para quem tem pele mista ou oleosa: aplicar a máscara onde sentem a desidratação, não é obrigatório que apliquem em todo o rosto. Até podem fazer máscaras combinadas, ou seja, aplicar máscara hidratante na zona da pele que está desidratada e uma máscara purificante na zona T.


Os produtos que aconselho para pele desidratada são os seguintes:



1. Água termal da Avène (farmácias e parafarmácias) 
2. Sérum Hydrating B5 da Skinceuticals (farmácias)
3. Máscara de geleia real da Apivita (farmácias e online)
4. Sérum Hydrabio da Bioderma (farmácias e parafarmácias)
5. Creme hidratante de Bobbi Brown
6. Moisture Surge da Clinique (perfumarias e online)
7. Sérum Hydrance da Avène (farmácias e parafarmácias)
8. Máscara Hydra-Masque da Embryolisse (notino.pt por exemplo)
9. Creme Nutritic Intense Riche da La Roche-Posay (farmácias e parafarmácias) 



Publicação isenta de parceria e/ou publicidade com as marcas acima mencionadas.
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger templates by pipdig