04 setembro 2018

Setembro, o mês dos recomeços e das mudanças!

 Para muitos o início do ano é o ponto de partida para novos desafios, novos objectivos.
 Eu prefiro que seja Setembro.

 O mês de Setembro é visto como o pontapé de saída para a vida escolar mas podemos adoptar esse arranque a todos os aspectos da nossa vida. Para isso basta força de vontade e determinação.

 Sempre gostei no 9º mês do ano mas desde o ano passado que este ganhou um gostinho especial, ou não fosse ele o mês do meu casamento!

 Quando voltamos de férias, voltamos com a energia no máximo, com mil e um projectos que não saem da nossa cabeça, com o foco no máximo. Devemos aproveitar essa energia positiva e arregaçar mangas para mudarmos alguns aspectos na nossa vida.

 Pois bem, este ano não foi excepção e tracei alguns objectivos a arrancar já durante este mês e outros que já entraram em vigor desde o dia 01.

 O primeiro a mudar foi a alimentação: dar prioridade a vegetais e fruta, carne branca e peixe. Reduzir nos açúcares e eliminar os fritos. É verdade, os fritos podem ser uma adição como outra qualquer. Tem estado a correr muito bem e quando a todos em casa adoptam o mesmo estilo de vida é muito mais fácil! Esta foi uma decisão a dois.

 Sempre que falo na alimentação saudável recebo olhares de desaprovação pelo facto de ser magra. Uma coisa é adoptar uma dieta para perder peso, outra coisa completamente diferente é adoptar uma alimentação saudável para assim ter mais benefícios a nível de saúde e qualidade de vida. Posso mesmo dizer que desde Sábado que não como doces e ainda não estou a ressacar. Que assim continue.

 Outra decisão que tomei no período de férias foi começar nas aulas de Pilates. Foi uma sugestão médica para ganhar músculo entre vértebras e diminuir os maus jeitos e vértebras fora do lugar. São dores tremendas! E se está ao meu alcance criar uma rotina que diminua esses episódios dolorosos porque não dar esse passo o mais rápido possível? Temos preguiça mas há coisas que temos que ser nós a fazer e não esperar que os problemas se resolvam num estalar de dedos.

 Mais uma decisão a dois e esta tem a ver com o nosso planeta. Percebemos que o ecoponto amarelo de nossa casa estava sempre a transbordar de plástico. Consumíamos muitas embalagens e sobretudo garrafas de plástico (águas, sumos, etc). Comprámos um jarro da Brita para filtrar a água da torneira e levamos a água em garrafas de vidro. É preferível pesar no nosso ombro que na nossa consciência.
 Eu sou a Maria Esquecida e deixo sempre os sacos de compras em casa. Compro mais no supermercado e é um stock maluco de sacos de compras lá por casa. Existem três acções possíveis para quando me esquecer: despejo as compras para dentro do carro e quando chegar a casa tenho que colocar em sacos, se forem poucas coisas levo dentro da mala ou então nas mãos. A escolha é minha e aquele truque de ter sempre sacos no carro para mim não dá porque eu uso e esqueço de voltar a colocar. Já pensei em costurar os meus próprios sacos de compras. Acham uma ideia engraçada?

 E por último, e não menos importante, vem a decisão de deixar de beber leite de vaca. Ou pelo menos tentar. Na minha opinião tudo quanto seja demasiado extremista não nos leva a bom porto. É importante que haja uma consciencialização e que tentemos, de facto, colocar isso em prática. No entanto, não vou dizer que nunca mais na minha vida vou beber leite de vaca. Se beber leite de vaca dois dias num ano não morro. Aliás, há tantas pessoas que não bebem leite por opção (seja de que tipo for) e são saudáveis.

 Mudanças simples, graduais e que reflectem melhorias na nossa vida. É tudo o que precisamos. Apenas e somente isto.

 E vocês? Também elegem o mês de Setembro como o arranque de mudanças na vossa vida? Se sim, quais escolheram para 2018?


SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger templates by pipdig