08 maio 2017

5 dicas para combater o Acne

  O nome arrepia e desengane-se quem acha que é um problema de adolescência. É verdade que quando somos teenagers temos uma maior probabilidade de desenvolver acne devido a todas as alterações hormonais características da idade. Nas raparigas aparece, normalmente, entre os 17 e 18 e nos rapazes um pouco mais tarde, a partir dos 19. Estes números são uma média, claro que existem casos em que aparece mais cedo ou mais tarde. Mais tarde? Como assim mais tarde?

 Se já passou a barreira dos vinte anos pode deixar de esfregar as mãos a pensar que já não terá esse problema. É muito frequente, mais do que podemos imaginar, que o acne afecte uma camada mais velha entre os 20 e os 30 anos. Sim, eu faço parte dessas estatísticas por ter recebido o brinde aos 24 anos. Que sortuda que eu sou, hum?

 Dentro da sorte que me assiste, o presente foi mais completo do que podem imaginar. Para além do acne tardio, eu sofri com a pior forma de acne que existe. Esteticamente não é tão grave mas quem sofre de acne quístico sabe o que é ter dor a sério. Basicamente não existe um escape para a porcaria sair, os poros estão fechados, e começam a formar-se quistos. Esses quistos e a sua formação depende de N factores mas digo-vos, na primeira pessoa, que é doloroso para caramba. Eu tive quistos do tamanho de framboesas e não foi nada agradável.

 Só estive totalmente livre de borbulhas durante dois anos, o tempo durante o qual o tratamento fez efeito. Depois isso tenho tido algumas fases menos boas mas aprendi a lidar com a situação e a perceber como posso atenuar o aparecimento de mais borbulhas.

 Por isso, hoje partilho com vocês 5 dicas para vos ajudar a combater o malvado do acne e a ter uma pele mais saudável.



1. Visita ao Dermatologista

 Parece óbvio mas a verdade é que muitas pessoas acham que com uma simples ida à farmácia resolvem o seu problema de pele. Quando percebemos que a quantidade de borbulhas não é normal e que não se trata de uma reacção alérgica a qualquer alimento ou produto devemos reagir no imediato. O "ah isto passa" ou "o creme vai fazer efeito" pode levar tempo indeterminado e o que era um caso fácil de resolver pode complicar-se.
 A maior desculpa que oiço é "A consulta de Dermatologia é cara.". É cara como todas as outras consultas mas se não gastarmos dinheiro desnecessariamente em produtos que não são os mais indicados para nós acabamos por poupar para a bendita consulta de Dermatologia. É uma questão de prioridades mas por favor não deixem de consultar um médico, nem que seja o vosso médico de família no centro de saúde para que possa reencaminhar-vos para a especialidade.
 Primeiro e maior conselho que vos posso dar: não se auto-mediquem nem se armem em médicos com amigos e familiares pois cada caso é um caso e a solução para mim pode não ser a vossa. A pele é o maior órgão do nosso corpo, não a negligenciem.

2 . A adopção dos produtos correctos 

 Não é obrigatório que uma pele acneica tenha que ser oleosa. Eu sempre tive pele seca e as borbulhas eram resultado de alterações hormonais e não do excesso de sebo produzido pela pele.
 Ninguém melhor que o médico para vos indicar os melhores produtos a usar no vosso caso.
 Respeitem as sugestões do dermatologista e sobretudo optem sempre por produtos Oil-free. Outro erro que as pessoas muitas vezes cometem é não hidratar a pele porque acham que a oleosidade será agravada. Todos os tipos de pele necessitam da hidratação que é responsável por repor a água na epiderme e dar à pele um aspecto saudável. Essa hidratação é a combinação da ingestão de líquidos diariamente e do complemento com um creme hidratante. Já a nutrição, e é aqui que as peles oleosas precisam de cautela, dá à pele os nutrientes que ela precisa para se regenerar. Nem todos os ingredientes são os indicados para quem produz muito sebo por isso cuidado nesta parte.
 Para quem produz oleosidade e ao final do dia tem a zona T luzidia também tem que hidratar a pele. A diferença é que deve optar por hidratantes em textura gel-creme que são mais facilmente absorvidos pela pele. Hidratantes muito pastosos são de evitar ao máximo.


3 . Alimentação  cuidada

 Sim, a grande verdade é que aquilo que comemos se reflecte no estado da nossa pele. Recentemente deixei de ingerir carne de porco e leite de vaca (não excluí a 100% mas evito ao máximo) e as diferenças que notei na minha pele foram g i g a n t e s.
 Sabiam que existem alimentos que nos ajudam no combate ao acne? Vamos ver quais são:


  •  Nozes, azeite, abacate e legumes de folha verde - Estes alimentos são ricos em vitamina E que ajuda na cicatrização das borbulhas evitando assim as indesejadas manchas. 
  • Água - Falei anteriormente que a água é essencial para a correcta hidratação da epiderme. Ajuda ainda na eliminação das toxinas prejudiciais ao nosso organismo, muitas delas causam os distúrbios que originam o acne. 
  • Salmão e bróculos - Contém vitamina A que diminui a produção de sebo.
  • Atum, sardinha, amêndoas, linhaça - são alimentos que transportam Ómega 3 ao nosso organismo e contribui fortemente para a renovação celular. 
  • Banana, cenoura, laranja e pêssego - Contém betacaroteno que ajuda na inflamação da pele e são anti-oxidantes. 

4 . Espremer borbulhas? Stop!

 Eu sei que é horrível ter uma borbulha nojenta quase a rebentar de pus. Dá-me vómitos só de pensar.
 No entanto, as nossas mãos são portadoras de imensas bactérias e para além de infectarem outras zonas do rosto também podem deixar marcas na pele. É preferível aguentar uma borbulha por uma semana do que uma marca para todo o sempre. 


 5. Máxima higienização

 Eu sou a freak da higienização. Tudo quanto entra em contacto com a pele é desinfectado e não dou grandes hipóteses para que ocorra uma contaminação numa zona do rosto que até então era limpa. Na grande maioria das vezes somos nós os principais responsáveis para um agravamento do estado da nossa pele e por isso hoje deixo umas dicas de como manter as bactérias longe da pele!

  •  As mãos nunca entram em contacto com os cremes - Por mais que lavemos as nossas mãos elas nunca ficam desinfectadas a 100% a não ser que complementemos com um gel desinfectante e tem de ser de boa qualidade. Uma coisa que aprendi com o meu médico: nunca colocar os dedos dentro do pote do creme. Se o nosso dedo estiver contaminado vai contaminar todo o produto. Usem espátulas de madeira, de gelados por exemplo, para retirar apenas a quantidade necessária. No caso dos cremes em bisnaga, o dedo toca na abertura mas no final limpo com um algodão embebido em álcool etílico. 
  • Higienização dos pincéis de maquilhagem - quando atravessamos uma crise de acne devemos colocar de lado a maquilhagem. No entanto, se por uma questão de auto-estima, não conseguirem sair de casa sem usar maquilhagem não se esqueçam de utilizar desinfectante sempre que utilizam um pincel. Uma das grandes causas de aparecimento de acne em Mulheres entre os 20 e 30 anos é o facto de usarem objectos sujos em contacto com a pele. 
  • Toalha de rosto. SÓ DE ROSTO. - Em todas as casas existem toalhas de rosto penduradas nos toalheiros onde limpamos as mãos, certo? É para isso que elas servem: limpar as mãos. Nunca limpem o vosso rosto a uma toalha que também serve para limpar as mãos. Até podem limpar o rosto a uma dessas toalhas desde que esteja lavada e a seguir a usar vá directamente para a máquina de lavar roupa. Como as toalhas ainda ocupam muito espaço, eu utilizo toalhas da Primark para o rosto que são quadradas e mais pequenas. Têm apenas esse propósito e não são utilizadas para mais nada. 
  • As fibras da roupa de cama - Parece algo inusitado mas a roupa de cama influenciam muito a produção de sebo. Eu tento dormir sempre de barriga para cima para evitar rugas nos olhos mas a verdade é que a meio da noite já não sei às quantas ando e não acordar com a cabeça para o lado dos pés e vice-versa já é muito bom. Mas a nossa pele entra em contacto com a almofada e é uma excelente fonte de micróbios. Eu uso apenas fronhas 100% algodão ou de cetim, tecido polar é veneno para pele e cabelo.  Em crises agudas mudo a fronha de dois em dois dias, uma noite utilizo um lado e na noite seguinte utilizo o outro. Para saber qual o lado correcto a utilizar marco a fronha com um gancho de cabelo (bobby pin) e à noite retiro para não me magoar. É muito simples. 

 Estas são as melhores dicas que posso partilhar com vocês, tendo em conta a minha experiência, e espero que vos ajude de alguma forma.

 E vocês? Já sofreram de acne? Quais as dicas que querem partilhar comigo?



 

 


SHARE:

8 comentários

  1. Tenho sempre imensos dramas, principalmente na zona do queixo. O meu maior problema é sem dúvida ir lá com os dedos. Por vezes apenas as sinto a semi-surgir e já ando lá de roda! É um hábito terrível!

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também tinha esse hábito horroroso Marta mas desde que fiquei com uma marca nunca mais o fiz. A vontade é mais que muita mas consigo controlar-me! :P

      Beijinho

      Eliminar
  2. Sofri e sofro infelizmente... :(
    Tento cumprir os conselhos que aqui deixaste e não tenho mais nada acrescentar a não ser que por vezes bebo água morna com limão em jejum e, por vezes, noto melhorias! ;)
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  3. Adorei as dicas 🙌 obrigada Ana 😉
    Já pedi à minha mãe que me faça uma fronha em cetim 💋
    Eu tive mais acne na adolescência, mas por vezes ainda aparecem umas borbulhas macacas!

    ResponderEliminar
  4. Como me identifico com este post! :O

    Pois, infelizmente também fui brindada com este drama após a minha adolescência...como te compreendo. Aliás... quero outra vez a pele dos meus 18 anos... não tinha tanta marca ou cicatriz deste maldito problema, que no meu caso é todo ele hormonal.
    E tal como tu.... adaptei o meu estilo de vida de forma a poder controlar melhor este cenário, sem estar continuamente a depender de antibióticos orais que secam o organismo todo.
    Aliás tive que arranjar (com aconselhamento médico) suplementos naturais que me ajudassem a amenizar o problema.

    :*

    ResponderEliminar
  5. Muitos parabens pelo seu blog. Estou encantada.

    ResponderEliminar

Blogger templates by pipdig