19 abril 2017

FashiONyou Aqua Portimão | Let´s talk about beauty

 Foi com um enorme prazer que no passado fim-de-semana rumei ao sul do país para uma beauty talk inserida no evento FashiONyou que decorre desde Sábado, dia 15 de Abril, até hoje no centro comercial Aqua Portimão. Ainda para mais numa cidade que me diz tanto pois faço férias na zona há 28 anos e todos os pretextos para voltar são bons!


 Agradeço ao Aqua Portimão e em especial à Marta Costa, responsável de Marketing, pelo amável convite e calorosa recepção. Estava uma ideia muito bem conseguida com os diferentes corners para maquilhagem, massagem, sumos Detox e o espaço de talks super mimoso e convidativo.


 E qual foi o tema da minha talk de Domingo passado? Tem a ver com maquilhagem, obviamente, e com auto-estima! E porque escolhi este tema? O que muitas pessoas não sabem é que comecei a interessar-me por makeup numa altura em que a minha auto-estima estava a roçar o chão. Por vezes rodeamo-nos das pessoas erradas, muito tóxicas e invejosas e acabam por apenas se sentir bem a humilhar e criticar os outros. Formas de vida que não sou capaz de entender.

 Foi então nessa altura que mudei o chip e decidi que precisava de um boost de auto-confiança e segurança. E logo desde essa altura, o meu objectivo era incentivar outras pessoas a sentirem-se lindas e a aprender a gostar delas tal como elas são: com mais ou menos peso, com a cara redonda ou quadrada, com os olhos verdes ou castanhos, com mais ou menos rugas. Não ganhava nada com isso, apenas a felicidade de ver pessoas com um ego renovado, aprendi a tirar partido da felicidade dos outros e transformá-la na minha própria felicidade. Quando aprendemos isso a nossa vida passa a fazer muito mais sentido.

 Comecei com o meu primeiro kit de maquilhagem da Benefit, a primeira marca que me conquistou a sério e que continua a ser das minhas preferidas. Todos os dias, religiosamente, me maquilhava com aqueles seis produtos e foi a partir daí que o bichinho nasceu.



 Mas afinal o que é isto da auto-estima? Sabemos o que significa mas nem sempre conseguimos arranjar forma de a expressar. A auto-estima é nada mais nada menos que a forma como nos valorizamos, aquilo que apreciamos em nós. E fui aprendendo a valorizar-me ao longo dos últimos anos e a aceitar todas as minhas imperfeições tendo sempre em mente que a maquilhagem não serve para nos transformar mas sim para nos ajudar a evidenciar os pontos fortes e suavizar os pontos fracos.

 Bati no fundo e nunca disse nada a ninguém, superei sozinha e levantei-me para seguir em frente. Querem saber o que é superioridade? É continuar a falar com uma das pessoas responsáveis por essa queda e ainda assim elogiar e motivar para que nunca sinta o que alguma vez senti. Quando superamos e andamos para frente a nossa vida fica muito mais fácil e serena.
 Aprendi a arte do elogio. A arte de elogiar para relançar a pessoa e fazê-la sentir acarinhada. Elogiar só porque sim.

 E foi assim que a maquilhagem mudou a minha vida, a minha auto-estima e a minha forma de estar perante a vida. Não a utilizo como máscara, não sou escrava dos produtos de maquilhagem mas já faz parte de mim e da minha forma de estar na vida. Auto-estima não é apenas olhar-me ao espelho maquilhada e pensar "fiuuuu fiuuuuu, quem é esta brasa que está aqui à minha frente?". É ter a capacidade de se ver em pijama, descabelada, com os olhos inchados e cheia de crateras na cara e mesmo assim sentir-me bem com a minha imagem. Aprendi a gostar de mim e foi o melhor que fiz!

 Essas mudanças começam em nós, na nossa cabeça. Não adianta mudar ou aprender a valorizar-nos porque a sociedade assim o exige, a mudança principal é interna e depois disso conseguimos o resto com uma perna às costas.

 No evento partilhei ainda os meus dez truques de beleza preferidos que vou partilhar com vocês amanhã. Fiquem atentos!








SHARE:

6 comentários

  1. Realmente é uma pena não ter assistido a esta palestra. Mas pode ser que um dia te venha a ouvir falar sobre isso.
    conhecendo-te à tantos e tantos anos, não consigo pensar em que altura estavas com menos ou mais auto-estima e muito menos consigo perceber qual foi a pessoa que te levou a que a tua auto-estima ficasse tão em baixo.

    Não consigo para mim, pensar que a maquilhagem me pode ser para ultrapassar o tema da auto-estima. Achei que perder peso faria, sentido, primeiro pela saúde e depois pela estética. Depois não equacionei a maquilhagem.

    Com o teu workshop a coisa já melhorou (é verdade, risos,). Já me trato todos os dias à noite (já não é mau vá confessa).

    Há praticamente 20 anos que nos conhecemos e de facto este post fez-me voltar atrás no tempo e pensar que via uma menina, e agora, vejo uma GRANDE, UMA ENORME MULHER, que és tu . Com uma personalidade forte, com objetivos bem traçados e que não baixa os braços.

    Posso ser assim também?:P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anocas,

      Sabes o que te digo? Acho que nem a própria pessoa sabe do mal que fez. Mas bola para a frente que atrás vem gente. Não podemos nunca igualar-nos e agir da mesma forma, temos sempre que dar o exemplo de como ser melhor. :)

      Também és uma grande Mulher minha maluca!

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Querida Ana,muitos parabéns!É merecido! Já agora de onde é o outfit?? Estava liiiinda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mariana!
      Muito obrigada pelas simpáticas palavras!

      O Outfit era da Mango: culottes, top (não se notas por estar para dentro das calças mas é larguinho) e colar. A única coisa que não era Mango, mas que também não se vê nas fotografias, são os ténis da Adidas.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Pena nao ter estado presente. Para mim és linda por dentro e por fora. Com a vantagem que quando te maquilhas ficas ainda mais "uaaaauuuu"... 😍😘

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns pelo bom trabalho e constantes conquistas! :)
    Um grande beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar

Blogger templates by pipdig