28 julho 2016

Publicidade assumida é um dever!

 No outro dia veio à baila num grupo onde sou administradora um tema muito quente. Como partilhamos opiniões (sinceras) sobre produtos surgiu uma dúvida em relação ao acabamento de um produto para o rosto. E o que ali foi escrito é verdade: hoje em dia é quase impossível dissociar uma opinião "comprada" de uma opinião sincera no mundo da blogosfera. Todos sabemos que é uma manobra de marketing por parte das grandes marcas de vestuário, cosmética e maquilhagem conquistar as bloggers e assim influenciarem outras pessoas a adquirirem os produtos. Claro que se a blogger XPTO (daquelas mesmo boas com 100k seguidores, eu já disse que sou só uma gaja com um blog mediano), das quais nem me posso considerar colega porque não tenho gabarito para isso, for à apresentação de uma loja de gelados TOP e nem sequer gosta de chocolate (existem seres vivos dessa espécie rara!) toda a gente vai pensar que é o melhor gelado do Mundo. Ela não comeu e nem cheirou o chocolate sequer. Apenas tirou uma fotografia e colocou no seu Instagram e colocou a descrição "O melhor gelado do Mundo" e é motivo para 200 dos seus seguidores se deslocarem a essa loja porque ela disse que era bom, porque ela esteve lá e pisou aquele chão. Mesmo sem provar. Isto é marketing e é aproveitamento da imagem de uma pessoa e da influência que isso pode ter no negócio e nos possíveis consumidores. Falo de gelados como poderia falar de batons ou de chinelos de praia. 

 Aqui o que está em causa é a publicidade feita nos blogs e nas respectivas redes sociais. Eu, enquanto seguidora, não sou parva. Sei topar a milhas quando aquele post é comprado, sei perceber quando é uma cópia na íntegra da press release enviada pelas marcas. Não se podem esquecer que existem mais bloggers a receber os mesmos produtos, as mesmas informações. Aquilo que eu quero frisar é que existem muitas meninas que acham que têm a obrigação de falar bem de tudo aquilo que lhe é oferecido, mesmo que seja uma valente bosta. As marcas querem a opinião sincera para que, caso algo não esteja a 100% possa ser melhorado. Os seguidores têm o direito a uma opinião fidedigna e que não sejam levados a gastar dinheiro em produtos que afinal não valem assim tanto a pena. O que me fascina é quando recebem os produtos e fazem logo review sem ter experimentado, só com base em textura e embalagem. E o que realmente interessa?

 O que eu acho que a maior parte não sabe é que a publicidade nos blogs tem que ser assinalada. Se o post fala de um produto que a marca X ofereceu devem fazer referência a esse pormenor. Os seguidores não são tapadinhos, percebem que recebem produtos e não devem ter medo de assumir que os produtos foram oferecidos.

 Eu tenho parceria com uma única marca, todas as outras que me enviaram produtos uma vez não são consideradas parcerias sólidas. Não enviam porque acham que existem pessoas com mais visibilidade que eu e acho muito bem. Não bajulo essas marcas, enviaram uma vez e eu dei feedback e está dado. Ponto. Se repararem em todos os posts em que falo de produtos, eu coloco sempre no final a informação se é em parceria com a marca. Quando não coloco nada é porque não é, a nota saiu da minha carteira.
 Sou transparente e não estou aqui a enganar ninguém, sou frontal e se não gostar digo que não gosto. Se receber um patrocínio digo que recebo e deixo os meus seguidores esclarecidos. 

 Mas para as bloggers que falam sempre bem dos produtos que lhes são oferecidos e acham que os seguidores não vão achar que os receberam de borla convido-as a ler este artigo que tem um ano  de publicação e é bem explícito. Mais vale tarde que nunca. 

 Infelizmente somos todos colocados no mesmo saco e há cada vez mais uma maior incredibilidade por parte de quem segue blogs. Eu percebo e concordo.
 As marcas focam-se em números e só isso interessa. 

(Escusam mesmo de vir com comentários do género "Ah tu tens é inveja de não receber produtos". Inveja eu tenho das pessoas que estão agora de férias e ainda têm mais quatro semanas pela frente de Dolce Fare Niente. Isso sim!)



SHARE:

4 comentários

  1. Quando comecei a publicar reviews fazia-o apenas com as primeiras impressões que, muitas vezes ao longo do tempo iam mudando. O que levou a que deixasse de me sentir bem com esse tipo de publicação. Então, apaguei tudo e passei a publicar os reviews somente quando o produto termina, porque só assim o leitor conhecerá realmente a minha opinião sincera. Escusado será dizer que nunca recebi nada mas, mesmo assim, acho fundamental ser 100% verdadeira com o leitor! :)
    Isto tudo para dizer que concordo plenamente contigo!
    E lamento imenso que as coisas ee processem dessa forma...
    Beijinho
    Cris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cris,

      O que vale é que já vamos conhecendo o processo e a forma de trabalhar de algumas blogger reconhecidas. Só lamento que muitas delas não terminem os seus textos com a pequena informação que os mesmos produtos que tão bem falam são oferecidos. Bem sabemos que se falarem bem (ainda que de forma forçada) irão receber mais produtos e convites para lançamentos. Infelizmente a hipocrisia fala mais alto.

      Beijinho,
      Ana

      Eliminar
  2. Geralmente quando faço review de algum produto é porque já o testei varias vezes em maquilhagens concretas. Depois nas fotos só mostro o que está nos dedos mas por questões práticas.
    Mas concordo contigo, no mundo da blogosfera reina a publicidade hoje me dia. E já não se consegue distinguir quem diz verdade ou quem foi pago para dizer certas coisas. Pelo meu blog é tudo opiniões reais de uma mulher que gasta muito dinheiro em maquilhagem, que a mim ninguém me oferece nada! =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá cá a mão querida Ana. Eu gasto imenso dinheiro em maquilhagem e é uma paixão imensa que eu tenho.

      De facto, impera a publicidade paga com produtos e idas a festas. É uma questão de consciência de quem está deste lado a escrever textos para os seguidores.

      Beijinhos.

      Ana

      Eliminar

Blogger templates by pipdig