23 maio 2016

Have a wonderful week #35

 Mais uma volta, mais uma senha. Outra vez segunda-feira, nova semana a começar. A última com 28 anos. Tento sempre arranjar uma desculpa para o mau feitio e desta vez centrei-me no aniversário. Acho que deixei de gostar de fazer anos, não gosto da idade que se avizinha (detesto números ímpares e idades ímpares). Por isso, esta semana começou com o mau humor a atingir níveis quase históricos.

 Não estou excitada com a festa, o bolo, nada. Se nos outros anos começava a preparar tudo com um mês de antecedência, este ano é tudo diferente. Não pensei num bolo xpto que faça toda a gente dizer "Tem tudo a ver contigo", não quero surpresas, não quero prendas (sim, eu escrevi mesmo isto) e não quero grandes folias. Quero apenas jantar com aqueles que mais amo, sem as hipocrisias do convite "socialmente correcto" e tornar aquele dia especial por isso mesmo: pelas pessoas que realmente se importam comigo.

 É o meu primeiro aniversário em que não terei cá a minha Anica, para me dar os miminhos de Avó. Vou sentir falta dos beijos e dos braços especiais deste dia, da alegria à volta da mesa e do seu pudim de chocolate maravilhoso. Momentos impagáveis, memórias preciosas. E o ano passado foi tão bom!

 Se tivesse paciência para elaborar algo com pés e cabeça seria uma festa com um tema mais tropical. Algo que ligasse bem com uma piscina, mojitos e piña-coladas. Se o S.Pedro colaborasse, seria algo inesquecível. Vou guardar a ideia para o próximo ano e tenho tempo de sobra para criar algo memorável.

 E lá porque o mês está a terminar não é motivo para não estrear rubricas novas pelo blog. Ah pois é, estou sempre a pensar em novas coisas e quero sobretudo que sejam úteis para vocês. Alguém quer tentar adivinhar o tema da nova rúbrica?

 Desejo-vos uma semana recheada de coisas boas!


SHARE:

3 comentários

  1. Eu adoro fazer anos. Sou daquelas que vibra mesmo com o aproximar da data e que dá importância a tudo relacionado com a ocasião. Entendo quando falas que a data não tem tanto valor porque não tens a tua avó. Mas e as outras pessoas, não merecem que festejes? Tu não mereces festejar porque estás cá e tens a oportunidade de comemorar isso? Para o ano não sabes como será, por isso celebra-o agora. Vais ver que não te vais arrepender.

    Beijinhos

    http://lifeworklive.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Olá,

    Permite-me discordar de alguns pontos do teu comentário. Sabes que quando se fala em sentimentos ou estados de espírito, como é o caso, quem está de fora não consegue perceber bem o que nos vai na alma e o que nos leva a tomar decisões como celebrar ou não um aniversário. Também não se trata das pessoas que me rodeiam merecerem ou não que eu festeje. O aniversário é meu e as pessoas sabem a relação que eu tinha com a minha Avó e entendem perfeitamente que me contente com um simples "Parabéns a você". Eu não tenho por hábito festejar ou fazer o que quer que seja para agradar os outros, tudo o que faço vai ao encontro das minhas vontades e isso é o mais importante. :)

    Para o ano logo se vê, até porque para o ano terei uma festa maior que um aniversário e é nisso que tenho que me focar.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Olá,

    Permite-me discordar de alguns pontos do teu comentário. Sabes que quando se fala em sentimentos ou estados de espírito, como é o caso, quem está de fora não consegue perceber bem o que nos vai na alma e o que nos leva a tomar decisões como celebrar ou não um aniversário. Também não se trata das pessoas que me rodeiam merecerem ou não que eu festeje. O aniversário é meu e as pessoas sabem a relação que eu tinha com a minha Avó e entendem perfeitamente que me contente com um simples "Parabéns a você". Eu não tenho por hábito festejar ou fazer o que quer que seja para agradar os outros, tudo o que faço vai ao encontro das minhas vontades e isso é o mais importante. :)

    Para o ano logo se vê, até porque para o ano terei uma festa maior que um aniversário e é nisso que tenho que me focar.

    Beijo

    ResponderEliminar

Blogger templates by pipdig