11 fevereiro 2016

A Anna convida Joana Viegas de Cabral | Maria Joah |

 Mais um post, mais uma rubrica que hoje inauguro e estou muito feliz. Quando decidi criar o Anna um dos pontos que ficou bem assente foi que era meu objectivo dar a conhecer pessoas de sucesso, marcas made in Portugal, jovens empreendedores e vizinhos com blogs apetecíveis e que eu gosto de ler. Neste mundo da blogosfera, onde não há apenas competitividade, acabamos por criar empatia com pessoas que nunca se cruzaram no nosso caminho pessoalmente. Essa é a parte boa. Esta ideia não é recente, há muito tempo que estava a fervilhar na minha cabeça. Achei que devia arrumar a casa e deixá-la confortável para os meus convidados. 
 A nova rubrica chama-se "A Anna convida" e já podem adivinhar do que se trata. Vou convidar caras giras e pessoas talentosas (como é o caso da minha primeira convidada!) e dar a conhecer o seu trabalho, podem ser pessoas que dão a cara por marcas de sucesso ou até mesmo bloggers que eu aprecio. Em suma, vou partilhar o que deve ser partilhado e mostrar as caras por trás de cada projecto. 


 A minha primeira convidada é querida, gira que se farta e super hiper mega talentosa: Joana Viegas de Cabral, a cara por detrás da marca catita Maria Joah.
 Descobri a marca Maria Joah por mero acaso (existem coincidências extraordinárias), através do facebook. Alguém do meu grupo de amigos partilhou um passatempo que a Joana estava a fazer. Visitei a página e fiquei fã, impossível não ficar! Nessa mesma noite encomendei as minhas jardineiras Red Scottland e não tardaram em chegar. Sabem aquelas peças que parece que foram feitas para nós e nos assentam como uma luva? Assim são as jardineiras da Maria Joah.

 Obrigada à querida Joana por ter sido a cobaia desta rubrica e aceitar dar o pontapé de saída. 


 Anna Style&Living - A costura sempre foi uma paixão?

 Joana Viegas de Cabral - Sim, a costura sempre foi uma paixão. Gostava de desenhar peças de roupa e acessórios para mim, ás vezes para as minhas amigas, e até modificava as minhas roupas. Atrás da paixão pela costura vem a paixão pela moda, pelas tendências de cada época e de cada cultura.

ASL - Como nasceu a Maria Joah?

JVC - A marca Maria Joah nasceu na altura certa! Há já muitos anos que queria trabalhar nesta área mas numa empresa minha (criei uma em 2001 mas de outra área que depois acabei por vender). Em Junho de 2015 foi a altura de avançar com um projecto que estava em esboço há algum tempo e que finalmente se tornou real.
 Nessa altura o Santiago já tinha quase dois anos e queria passar o mais tempo possível com ele, o que seria impossível se estivesse a trabalhar numa empresa das 09h às 18h (que nunca são estes horários como todos nós sabemos).
 De um dia para o outro decidimos avançar! Digo "decidimos" porque sozinha e com um bebé seria impossível fazer tudo, por isso o apoio incondicional do Francisco (meu marido) foi essencial. Somos uma equipa, uma dupla excepcional que funciona na perfeição.
 Ele é responsável pela imagem da empresa, gestão do site, páginas de facebook e instagram e eu pelo marketing e vendas.

ASL - Qual é o conceito da marca?

JVC - O conceito da marca é o matchy matchy e o pendant entre mãe, pai e filhos/as.

ASL - As camisas e as jardineiras são as estrelas. Porquê estas duas peças?

JVC - As camisas e jardineiras são de facto as nossas estrelas e trabalhamos só com ganga. Na minha opinião, são duas peças obrigatórias em qualquer Closet seja de adulto ou de criança por isso são peças obrigatórias nas colecções. Usam-se ambas há séculos e nunca irá passar de moda, sejam as jardineiras, as camisas, as calças, os calções, os vestidos, etc...A ganga está sempre na moda e pode ser utilizada de uma forma mais casual ou casual chic.

ASL - A Maria Joah é uma marca com influências Boho Chic. É esse o estilo que define a Joana?

JVC - Sim, Boho Chic define-me a 100%. Sempre adorei misturar estilos de roupa e acessórios, de peças boho de várias culturas com outras mais sofisticadas criando dessa forma uma mistura eclética marcando a diferença e sempre de uma forma confortável. Basicamente é um estilo que transmite a personalidade.

ASL - O que podemos esperar para 2016?

JVC - Para 2016 quero aperfeiçoar tudo o que puder na empresa, tanto na comunicação com o cliente final como os produtos que vendo. Estou no mercado há oito meses e ainda tenho muito para aprender e estou pronta para isso. Quero que a empresa evolua a nível nacional e futuramente, quem sabe, internacionalmente. 








 Um obrigado gigante à Joana pela sua disponibilidade e por colaborar neste primeiríssimo post da nova rubrica. Gostei da Joana, mesmo sem a conhecer, logo no primeiro contacto. Desejo o maior sucesso para a marca Maria Joah e espero que 2016 traga tudo de bom. Estou ansiosa porque as minhas segundas jardineiras Maria Joah vêm a caminho e eu mal posso esperar para vos mostrar.

Sugiro ainda que passem pelo site da marca, facebook e Instagram

SHARE:

6 comentários

  1. Obrigada Anna ❤️☺️ foi uma honra ser a primeira convidada da sua rubrica que tenho a certeza que vai ser um sucesso 👏👏👏
    Grande beijinho 🌟💕

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço Joana!
      Começámos da melhor forma possível e fiquei encantada com o resultado. :)

      Beijinho muito grande!

      Ana

      Eliminar
  2. A Joana é super mega gira talentosa e amiga e as suas criações refletem tudo o que vai no seu coração
    Parabéns e mega sucesso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cristina,

      Apesar de não conhecer a Joana pessoalmente é essa a imagem que transmite.

      Beijinho,
      Ana

      Eliminar
    2. Obrigada Cristina ❤️ Grande beijinho

      Eliminar
    3. Obrigada mais uma vez Ana ❤ grande beijinho 😘

      Eliminar

Blogger templates by pipdig