17 abril 2015

Não acontece só aos outros

  Gosto de Mulheres cuidadas. Que se preocupam com a sua aparência e sobretudo com a sua saúde. Não precisam de o fazer pelos outros. Aliás, não devem de todo fazê-lo pelos outros mas sim por vocês mesmas. Tirem todo o proveito dessa riqueza que nasceu com vocês: ser Mulher.
 Temos a mania que aguentamos este Mundo e o outro e que tudo à nossa volta pode desabar e continuamos firmes. Só podemos continuar firmes se tratarmos bem de nós.

 Hoje de manhã, bem cedo, fui fazer o rastreio para o cancro do colo do útero. Apesar de ter tido o privilégio de ter tomado a vacina, fico mais descansada se fizer exames físicos regularmente. Para além de visitar o Ginecologista e fazer todos os exames necessários, sou acompanhada pela Médica de Família no meu Centro de Saúde. De dois em dois anos recebo uma carta em casa para me apresentar no centro de saúde para realizar uma citologia a fim de apurar se existem células cancerígenas que venham a desenvolver complicações como é o caso do HPV (cancro do colo do útero). São quatro semanas de espera. Quatro longas semanas em que desejamos que o Médico não nos ligue, é sinal que está tudo bem.

 Para todas as meninas que seguem este blog eu tenho um favor para vos pedir: olhem mais por vocês. Conheço casos de pessoas que são chamadas para realizar este tipo de rastreios e não se dignam a ir, preferem andar na ignorância. Até que um dia uma má notícia bate à porta (Deus queira que não) e depois o arrependimento por não termos feito mais apodera-se de nós.
 Falem com o vosso médico de família para que vos inscreva no Planeamento Familiar e depois dizem que querem participar do rastreio. Recebem uma carta em casa com a data do rastreio e a hora. Não custa nada, não sejam mariquinhas. Consultem também o vosso Ginecologista pelo menos uma vez no ano para fazer um check-up mais abrangente e eliminem maus hábitos da vossa vida.

 Infelizmente já tive casos de cancro na minha família e por isso a minha vigilância é redobrada. Se por um lado gostaria de andar na ignorância se tivesse algo tramado de lidar, por outro quero fazer tudo o que está ao meu alcance para prevenir esses riscos. Pensamos que acontece só aos outros e vamos vivendo na corda bamba.

 Prometem-me que vão olhar mais por vocês e consultar mais vezes o médico?


SHARE:

2 comentários

  1. Respostas
    1. Muitas pessoas não sabem que existe um programa do sistema nacional de saúde totalmente gratuito para despistar este tipo de doenças. Vale a pena ir, para descargo de consciência! :)

      Eliminar

Blogger templates by pipdig