03 fevereiro 2015

Sabes o quanto gosto de ti minha Guerreira?

  Hoje a minha Guerreira faz 78 anos, está de parabéns. A minha Avó Ana, de quem herdei o nome e a personalidade. Não a julguem pelo seu tamanho porque ficariam surpreendidos. Tenho para mim que o seu pequeno corpo não consegue albergar toda a força que Ela tem, que já demonstrou por tantas vezes. Quando o maldito cancro se meteu com Ela levou uma tareia das grandes. Acabou por lhe levar um pedaço mas isso foi só uma batalha porque a Guerra foi a Avó que venceu. Não era fácil para uma criança pequena acompanhar a sua Avó aos tratamentos de Radioterapia, ver as mudanças e transformações. Fui sempre com Ela aos médicos e nunca a larguei por um segundo. Felizmente a tareia surtiu efeito e o Cancro não voltou a atormentá-la.
 Foi uma lutadora e mostrou do que é feita uma Mulher. Costumo pensar muitas vezes que não teria a coragem dela e muitas vezes admiro-a em silêncio. Não digo nada e apenas observo a sua expressão serena. Gosto das suas gargalhadas e do seu olhar de menina doce. Gosto da maneira como me dá a volta e me convence com o seu beicinho infantil. Adoro quando aprecia os meus looks e torce o nariz a peças mais arrojadas "Filha tu despe essas calças rasgadas, as modas de hoje em dia não se percebem" ou então "Ana, calças brancas em Janeiro sinal de pouco dinheiro. Vais sair com isso?". Gosto quando saímos e toda a gente me diz que tenho uma Avó muito bonita e querida. Retribui com um sorriso envergonhado e eu fico toda babada. É como Ela que eu quero ser. Quero ser a Mãe que Ela foi e sobretudo a Mulher.
 Todos os dias agradeço a sua vitória, por ter um exemplo tão bom na minha vida. O melhor que poderia ter.



SHARE:

5 comentários

  1. É muito bom ver este amor! <3

    Um beijinho para a avó!!

    www.elaeele-nos.blogspot.com - Convidamos-te desde já a visitar um dos mais recentes blogues de Portugal. Um blogue escrito por ela... escrito por ele... Escrito por ele e ela: Um blogue de casal! <3

    ResponderEliminar

Blogger templates by pipdig