16 fevereiro 2015

50 Shades of Grey - The movie

 Quem ainda não ouviu falar do filme mais badalado do momento e do livro mais falado dos últimos anos anda a viajar na maionese e não é deste Mundo. Todos têm uma amiga/amigo que já leu, a prima, a vizinha, etc. O tal filme, do tal livro: As Cinquenta Sombras de Grey. Confesso que não li o livro todo. Aliás, não cheguei a metade do primeiro volume. Fiquei-me pelo contrato que a Submissa assina juntamente com o seu Dominador. Até onde li não achei nada de extraordinário e julguei que havia partes um tanto ou quanto rebuscadas. Não é aquela leitura que me prende e faz com que deseje com todas as minhas forças chegar à última página. Not my style, sorry.
 Quando há sexo à mistura mesmo quem só lê o jornal "A Bola" ou a revista "Maria" faz um esforço e lá compra aquele calhamaço na esperança de umas ideias para noites mais tórridas com a cara metade. A leitura é importante e tem que se começar por algum lado, é verdade!
 No Sábado lá fui até ao cinema para ver o filme que toda a gente fala e todos querem ver. Não sei se era só eu que tinha a expectativa que aquilo seria um pouco hardcore e impróprio para pudicos. O que é certo é que eu também não me alarguei muito no livro mas sempre julguei que à medida que as páginas avançassem as cenas se tornassem mais sérias. A sala estava cheia de casais que aproveitaram o Dia de S.Valentim para matar a curiosidade e ver do que era Mr.Grey capaz. O último filme que me lembro em que a sessão estava completamente esgotada foi o 2012, sobre o fim do Mundo.
 Uma das partes mais espetaculares da leitura é podermos imaginar como serão as personagens, as suas casas e até as suas vozes. A par da leitura fazemos o nosso próprio filme onde imaginamos cada detalhe. Acho que os actores Dakota Johnson e Jamie Doman foram boas apostas embora que novatos. Ao longo do filme notei que a actriz estava mais à vontade na interpretação do seu papel do que propriamente o Mr. Grey. O que salta logo à vista é o físico das personagens. Deixem-se de mariquices e admitam que se babaram com o corpo do Christian e da Anastacia. Ele tem saúde para dar e vender e a Dakota não se fica atrás, fiquei feliz por escolherem alguém para cenas que se adivinham escaldantes que não tenha mamas de silicone com 1,5l cada. Acho a actriz absolutamente linda e de uma beleza natural que não nos deixa ficar indiferentes. Contudo existem partes do filme que, tal como no livro, são um pouco exageradas. Um rapaz com 27 anos, na flor da idade e da maluqueira, dono de um império, com uma dezena de carros na garagem, um helicóptero, um closet de tamanho invejável a qualquer Mulher  e uma sala recheada de artigos Sado-Maso que pelo que sei não são propriamente em conta? Um pouco menos e o filme não perdia piada. Confesso que na parte final do filme já estava de braço dado ao João Pestana e já estava entre as 10 e as 11. Depois no final acordei outra vez para a vida e o espanto foi geral na sala de cinema "What? Então mas isto acaba assim?". Foi uma boa jogada dos realizadores porque fazem com que pessoas como eu que leram 50 páginas terem vontade de acabar o primeiro volume e devorar os seguintes.
 Se estão à espera de cenas de sexo escaldante tirem o cavalinho da chuva. Não vi nada que me deixasse chocada. Só há rabo e maminhas da Dakota. Do Christian contentem-se com os abdominais e a cara da miúdo safado.
 O que mais me arrebatou no filme foi, sem sombra de dúvidas, a banda sonora. É o meu estilo e acho que foi escolhida a dedo para o tipo de filme que é. Música envolvente, sensual e que fica no ouvido. Também é certo que quando oiço a versão "Crazy in Love" da Beyoncé e o "Put a spell on you" lembro-me do Mr. Grey a dar umas chibatadas valentes no rabiosque da Ana.  Desde Sábado que é o que anda a tocar no meu telemóvel.
 De uma forma geral gostei do filme. Não ter adormecido a meio já é um óptimo sinal (já aconteceu uma ou duas vezes em filmes tipo Pantera cor-de-rosa onde vi 15 minutos de filme). Não amei, isso não, mas só a banda sonora e os abdominais do Mr. Grey já valem a pena. Lá vou eu ter que ler os dois volumes seguintes e quando sair um novo filme quero ver o Sr.Chibatadas a mudar pela linda e doce Anastacia e a sucumbir aos encantos do amor.




SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger templates by pipdig