12 janeiro 2015

Saldos | 10 Regras de Ouro

 Começou a época mais esperada pela maioria das Mulheres: os saldos! É nesta altura que as lojas se tornam palco de batalhas campais. A desorganização é geral e isso faz com que eu não seja fã dos saldos. Claro que gosto de uma boa pechincha mas fico doente quando entro nas lojas e vejo tudo desarrumado. Outra coisa que detesto é quando vejo uma rapariga passar com a camisola que eu queria, que tive na mão mas por estupidez voltei a colocar no lugar. Era o último tamanho e ela conseguiu conquistá-lo. Damn it!
 Agora fora de brincadeiras que este blog é muito sério, vou partilhar algumas regras de ouro para seguirem nesta altura de saldos e promoções. Algumas são conselhos que fui recebendo de pessoas experientes e outras aprendidas  por experiência própria, não quero que vocês passem pelo mesmo.

1. Olhar para o roupeiro e perceber o que faz REALMENTE falta

 Quantas vezes se lamentaram por comprarem uma peça em saldos e quando chegaram a casa perceberam que têm uma peça igualzinha e que raramente usam? Para evitar este tipo de situações devem espreitar o vosso roupeiro e perceber quais as vossas reais necessidades. Não demora mais de 15 minutos e a vossa carteira vai agradecer.

2. Troca por troca

 Olharam o vosso roupeiro e decidem comprar umas calças vermelhas porque as vossas deixaram de servir. Se conseguirem encontrar umas calças vermelhas em saldos vão trocar pelas velhas. Do que vos adianta ter duas calças iguais se um par não é usado? Isto serve para os saldos e para o resto do ano. 
 Assim evitam que o vosso roupeiro fique a rebentar pelas costuras e metade das peças nem são usadas, ou porque deixou de servir ou porque simplesmente deixou de fazer o vosso género. Existem imensas instituições que aceitam roupa usada, desde que em bom estado, e assim ajudam pessoas com algumas carências. 

3. Estabelecer um valor a ser gasto

 Todas nós sabemos que é fácil passar o cartão multibanco em cada compra e às tantas perdemos a noção de quanto gastámos e se já ultrapassámos o valor que poderia ser gasto. Tendo em conta as vossas despesas fixas mensais façam cálculos para perceber que montante do vosso orçamento pode ser utilizado para algumas compras nos saldos. Se chegarem à conclusão que podem gastar 80 Euros então levantem esse dinheiro numa caixa multibanco e desta forma conseguem controlar o valor gasto e quanto ainda podem gastar. 

4. Escolham um dia calmo e roupa confortável

 Se tiverem possibilidade de ir às compras durante um dia de semana e logo de manhã é preferível. A vantagem número um é que as lojas ainda estão minimamente arrumadas e vocês conseguem escolher melhor as peças. Também podem optar por ir durante o fim-de-semana mas façam yoga de manhã para alinhar os vossos chakras e tenham paciência para quase vos tirarem as coisas das mãos. 
 Nada de ir para os saldos com saltos de 15cm, 10 camisolas vestidas e aquelas calças super apertadas que demoramos 15 minutos a vestir depois de imensos exercícios para conseguirmos passar as calças nas ancas. Escolham roupa confortável e que seja fácil de despir naqueles provadores minúsculos. Eu sugiro umas leggings, uma camisola larga e mais comprida (leggings não são calças, pelo amor de Deus!) e uns botins rasos que sejam fáceis de tirar e calçar. Já vão perceber porque é imprescindível roupa confortável.

5. É proibido levar peças sem experimentar!

 Percebem agora porque é que a roupa prática ajuda? É por isto mesmo. Eu também não sou a maior fã de experimentar roupa e detesto aqueles provadores com cotão e muito pequenos. Em épocas ditas "normais" nunca experimento nada mas nos saldos já não me enganam. Lembrem-se sempre que as peças no cabide são uma coisa e no vosso corpo são outra completamente diferente. Algumas lojas não permitem trocas e aquelas que permitem são as que esgotam os modelos e tamanhos mais rapidamente. Mais vale perder 5 minutos a experimentar do que ficarem com menos 5 Euros na carteira e com uma peça que nunca vão vestir.

6. Comprar peças básicas

 É a altura ideal para comprar aquelas camisolas de algodão para vestir com as malhas, os tops brancos, pretos e beiges que tanto jeito nos dão. Também pode aproveitar para comprar leggings, mais um par nunca é demais, certo?

7. Investir em Jeans

  Eu já não compro jeans há algum tempo. Se estes forem de uma qualidade um pouco superior duram anos e anos. Agora que os preços estão um pouco mais baixos aposte em jeans com qualidade. Eu adoro os jeans da Salsa, Mango, Massimo Dutti e Gant.

8. Roupa interior - mais nunca é demais!

 Eu adoro roupa interior, quase tanto como de malas e sapatos. Acho que é aquela peça-chave que é capaz de alterar por completo a nossa auto-estima. Roupa interior beige ou vulgarmente chamada "cor da pele" é a coisa mais aborrecida que há. Também é preciso ter esta cor na gaveta para aquela peça de vestuário mais transparente mas basta um conjunto, ok? Aposte em pretos, vermelhos, brancos, azuis, cinzento, as cores que mais gostar. Esta é uma altura fantástica para comprar aquelas lingeries mais trabalhadas, em renda e que nos torna ainda mais bonitas. 
 Não se esqueças que os collants são peças que usamos e deitamos fora com uma utilização apenas, eu pelo menos sou assim e as minhas unhas vão sempre fazer uma malha enorme desde o joelho ao pé. Abasteça-se de meias de vidro, collants pretas opacas, semi-opacas. Compre para 6 meses aproximadamente e nos saldos de Verão volta a comprar mais.

9. Peças intemporais

 Existem peças intemporais e que por mais anos que passem nunca saem de moda. É nessas que têm que apostar. Não aposte em cores muito específicas tipo azulão, amarelo, verde esmeralda e muito menos em padrões. Hoje estão em voga mas amanhã não sabemos e por isso seja prudente. 
 Peças em que pode apostar (caso ainda não tenha):

  - Trench Coat de corte simples, na cor beige. Ideal para o inicio de Outono e final do Inverno.
  - Camisas brancas e pretas - Ficam bem com todas as cores e conferem um look mais formal.
  - Vestido preto. É sempre bom ter dois no armário: um para o Verão e outro para o Inverno.
  - Casaco comprido beige - Fica bem com tudo.
  - Botas de cano alto castanhas ou pretas. Passem os anos que passarem as botas tipo "cavaleiro" nunca         passam de moda. Pode investir sem medo.
  - Vestidos de malha fina ou malha de lã. Se gosta de variar o seu look opte por vestidos de lã/malha de         corte simples e cores neutras que lhe permitam conjugar com imensas cores. Marque a diferença com os       acessórios.

10. Não prescinda da companhia da amiga ou da sua Mãe

 Dizem que as Mães dizem sempre as verdades. Se a peça vos favorecer são as primeiras a dizer, se ficarem pavorosas também. Escolham alguém verdadeiro para ir convosco aos saldos e compras em geral. Por vezes achamos que parecemos uma princesa e não é bem assim. Se tiverem uma amiga que também vos diga o que realmente pensa também a podem levar às compras. Atenção que há "amigas" que são um bocadinho invejosas e dizem que a peça vos fica mal e afinal de contas favorece-vos imenso. Regra geral essa amiga diz sempre: "Já que não levas eu vou experimentar e se gostar levo" ou então para não dar parte fraca voltam lá depois sozinhas.
 Aconteça o que acontecer nunca pisem o centro comercial em época de saldos com o vosso namorado/marido. Ele vai dizer que tudo vos fica bem só para se despacharem e saírem dali o mas depressa possível. Portanto já sabem: amiga verdadeira que diz tudo, Mãe ou Avó (se for mandada para a frentex ainda é mais verdadeira que a Mãe ;) ), irmã ou prima.








SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger templates by pipdig