01 janeiro 2015

Happy New Year

   Já tinha deixado a minha mensagem de Ano Novo na página mas ainda não tinha escrito um post inteiramente dedicado a isso. Desejo que o vosso ano de 2015 seja muito bom e que consigam concretizar TODOS os vossos sonhos. Todos todos não sei se será possível mas pelo menos tentem, está bem?
  Com o passar nos anos vamos percebendo que os bons ou maus anos são determinados por nós. De que nos vale ter cinquenta pessoas a desejarem-nos boa sorte para o novo ano? Mas o que é isso da sorte? É isso que define o nosso ano? Certamente que não. O que modela o ano e faz com que valha a pena ser recordado são as nossas conquistas diárias, por mais pequenas que sejam. Terá sido a sorte a responsável por essas conquistas? Não, não foi. Foi a nossa vontade de querer mudar, a persistência de tentar no dia a seguir mesmo quando o anterior falhou. Enquanto estivermos demasiado focados na nossa zona de conforto que nos abraça e aconchega e diz "Não saias daqui, não troques o certo pelo incerto". O certo é vulgar, é fácil. É no incerto que surgem as oportunidades inesperadas, que descobrimos o que realmente nos move, quem anda ao nosso lado e quem nos quer ver para trás, descobrimos as nossas fraquezas e aquilo que nos pode dar alguns metros de avanço. O certo é bonitinho, sabemos com o que podemos contar hoje, amanhã e depois de amanhã. No certo traçamos o mesmo caminho todos os dias, com as mesmas pessoas, adiamos os sonhos porque amanhã também é dia. Na zona de conforto achamos que a cueca azul nos trará sorte ao longo do ano e que temos que entrar no ano com o pé direito. Para quem pensa "outside of the box" a cor da cueca é uma questão pateta. Usa a cor que quer, no modelo que quer e se quiser nem usa! Não está minimamente preocupado se entra com o pé direito, o esquerdo ou se é uma entrada a pés juntos.
 Sabem porquê? Porque não é o lado certo, a sorte, a cueca azul e a entrada com o pé direito que vão definir o vosso ano. Vão ter um ano extraordinário quando saírem da vossa zona de conforto quando começarem a parar de lamentar o que correu mal em 2014 e começarem a utilizar esses erros como lições, para que não os repitam em 2015. O vosso ano vai ser melhor quando começarem a acordar e a pensar "Boa, mais um dia!" em vez de "Ora bolas, já é dia?". Não esperem que seja a sorte a trazer-vos de bandeja aquilo que mais querem, corram atrás e lutem todos os dias. Todos os dias.
 Para que possam ter um ano repleto de coisas maravilhosas só posso desejar que tenham muita saúde. Nos dias que correm é isso que é mais importante. Se tiverem saúde para poderem lutar com todas as vossas forças, para acompanharem os que vos são mais queridos nas suas alegrias e para poderem gozar daquilo que conquistaram têm TUDO! Bom ano de 2015.


SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger templates by pipdig