01 agosto 2014

Mais conversa e menos tablets

 Hoje fui jantar com o André (o meu mais-que-tudo) a um restaurante italiano que costumamos frequentar e onde nos sentimos bem, caso contrário não voltaríamos. Gostamos muito destes nossos momentos, sem TV por perto e onde conversamos sobre o nosso dia.
 Hoje olhei à minha volta e via imensas pessoas que não estavam a aproveitar o momento. Ora eram as criancinhas que tinham tablets quase do seu tamanho e se esqueciam de comer, ora eram os adultos vidrados nos seus telemóveis e (suponho eu) nas redes sociais. Os momentos em família são pouco aproveitados hoje em dia e é mais importante fotografar o lugar onde estamos, o que estamos a fazer e o que vamos comer ao invés de aproveitar o momento e saborear a vida.
 No outro dia fiquei triste com uma cena que vi numa mesa ao meu lado. Era uma mãe e os seus dois filhos, um rapaz e uma rapariga com idades entre os 16 e os 18 anos. O filho jogava no telefone e a filha idem idem aspas aspas. A mãe limitava-se a olhar à sua volta e não havia diálogo. Foi triste para mim ver aquela cena. No final também a mãe pegou o seu telefone e começou a navegar no facebook. Três pessoas que tinham tudo para ter um momento agradável e mais parecia que tinham ido jantar fora com os telefones!
 Os pais não devem incentivar o uso de tablets e smartphones para que os seus rebentos fiquem sossegados e não façam birras. Hoje em dia se colocarmos um livro à frente de um bebé eu aposto que ele arrasta o dedinho pelas folhas como se de um tablet se tratasse.
 Coloquem novas regras na vossa casa e nos vossos momentos em família e proíbam o uso de telemóvel às refeições. Melhor que isso, proíbam a entrada de telefones e tablets na vossa área de refeição. Fica a dica para um estilo de vida mais tranquilo.



SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Blogger templates by pipdig